Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Estação Espacial Internacional desvia novamente de lixo espacial

Por| Editado por Patricia Gnipper | 14 de Março de 2023 às 17h10

Link copiado!

cookelma/Envato
cookelma/Envato

A Estação Espacial Internacional (ISS) precisou desviar novamente de um pedaço de lixo espacial. Segundo informações da Roscosmos, a agência espacial da Rússia, publicadas no mensageiro Telegram, o incidente ocorreu nesta terça-feira (14), às 8h54, no horário de Brasília. Esta é a segunda manobra do tipo realizada em março.

A manobra de desvio foi realizada com a ajuda da nave cargueira Progress MS-22. Ela está acoplada ao laboratório orbital e acionou seus propulsores por cerca de 135 segundos para mover a estação a uma distância segura do objeto. Com a manobra, a ISS ficou à altitude média de 419 km acima da superfície da Terra.

Continua após a publicidade

Esta foi a segunda vez neste mês em que o laboratório orbital precisou realizar uma manobra do tipo. No dia 6 de março, a nave acionou seus propulsores por cerca de seis minutos para evitar uma possível colisão com um satélite de observação da Terra lançado em 2020.

De acordo com um relatório publicado pela NASA no ano passado, a estação já realizou 32 manobras de desvio de satélites e fragmentos de lixo espacial grandes o suficiente para serem monitorados desde 1999.

No ano passado, por exemplo, o laboratório orbital realizou diferentes manobras de desvio dos detritos formados por um satélite destruído pela Rússia durante um teste. Estes incidentes vêm se tornando cada vez mais frequentes, acompanhando o ritmo de novos lançamentos de objetos artificiais à órbita baixa da Terra.

Quanto mais objetos em órbita, maior o risco de colisões entre eles — e, caso aconteçam, estas colisões podem gerar ainda mais fragmentos de detritos espaciais. Pensando nisso, cientistas da NASA e de outras instituições solicitam a elaboração de um tratado para o enfrentamento dos problemas relacionados ao lixo espacial.

Fonte: Via: Space.com