Esses 18 astronautas foram os escolhidos pela NASA para o programa lunar Artemis

Por Danielle Cassita | 10 de Dezembro de 2020 às 14h45
NASA via collectSPACE.com
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

Nesta quarta-feira (9), A NASA apresentou o grupo de astronautas que serão treinados para possivelmente, irem à Lua nesta década de 2020, algo que ocorrerá pela primeira vez em mais de 50 anos, desde os últimos pousos tripulados do programa Apollo. Os astronautas que compõem a nova “Equipe Artemis” são divididos entre 9 homens e 9 mulheres — sendo que dois deles serão escolhidos para caminhar em nosso satélite natural, embora ainda seja preciso designá-los a missões específicas.

A novidade foi anunciada por Mike Pence, vice-presidente dos Estados Unidos, durante uma reunião do National Space Council: “é realmente incrível pensar que a primeira mulher e o próximo homem na Lua estão entre os nomes que acabamos de ler e que podem estar nessa sala agora mesmo", disse. “Apresento a vocês os heróis do futuro que vão nos levar de volta para a Lua e além”. Isso porque a NASA vem trabalhando na solicitação da Casa Branca para que humanos voltem para a Lua em 2024, e não mais em 2028, como inicialmente previa o programa.

O projeto ambicioso ocorre por meio do programa Artemis, de nome inspirado na irmã gêmea do deus Apolo. A ideia é que as primeiras missões robóticas do programa sejam lançadas já no ano que vem. Depois, a missão Artemis II terá tripulação e será lançada com destino à órbita lunar em 2023, com astronautas selecionados em 2021. A seleção para a missão Artemis III, que é aquela que terá o pouso na Lua, será feita posteriormente. As duas contarão com quatro astronautas a bordo, e somente dois deles devem caminhar na Lua.

Os membros da Equipe Artemis (Imagem: Reprodução/NASA via collectSPACE.com)

Assim, os 18 membros da equipe Artemis foram escolhidos entre os 47 astronautas ativos atualmente no programa, e foram selecionados com base nas habilidades e experiências que possuem. Além disso, como a primeira mulher irá para a Lua por meio do programa, pode ser que já estejamos vendo a escolhida na lista — embora as mulheres na lista não sejam necessariamente as que estarão na tripulação, já que a seleção propriamente dita será feita mais próxima do lançamento. Segundo Jim Bridenstine, administrador da NASA, essa seleção revela o primeiro quadro dos astronautas do programa: “quero deixar claro que teremos mais”, completou, enfatizando que os tripulantes seriam parte de voos na órbita baixa da Terra além daqueles que vão para a Lua.

Inicialmente, os membros da Equipe Artemis vão atuar com os parceiros comerciais da agência espacial, que estão trabalhando nos sistemas de pouso que serão usados pelos astronautas na Lua. Além disso, os membros também vão ajudar na definição e desenvolvimento dos programas de treinamento para a preparação das futuras missões. Vale lembrar, entretanto, que fazer parte da equipe não garante necessariamente participação no voo para a Lua, já que alguns podem compor tripulações reserva, enquanto outros podem, de fato, caminhar em nosso satélite natural ou dar apoio ao programa de outras formas.

Conheça os membros já selecionados para a Equipe Artemis:

Joseph Acaba 

Joseph Acaba é bacharel em geologia, mestre em geologia e educação e foi professor de ciência e matemática. Foi selecionado como astronauta da NASA em 2004, e tem em seu histórico 306 dias no espaço e três caminhadas espaciais.

Kayla Barron 

Bacharel em engenharia de sistemas e mestre em engenharia nuclear, Kayla foi escolhida como astronauta em 2017. Além disso, ela fez parte da primeira classe de mulheres comissionada para a comunidade de submarinos, e é tenente-comandante na marinha norte-americana.

Raja Chari

Chari é coronel na força aérea dos Estados Unidos, bacharel em engenharia astronática e mestre em aeronáutica e astronáutica. Ele se juntou ao corpo de astronautas em 2017.

Matthew Dominick

Dominick foi escolhido como astronauta em 2017, e é bacharel em engenharia elétrica e mestre em engenharia de sistemas. Ele foi piloto de testes, se especializando em lançamentos e pousos de aeronaves cargueiras antes de entrar para a NASA.

Victor Glover 

Glover é comandante naval e foi selecionado como astronauta em 2013. Bacharel em engenharia e mestre em engenharia de testes de voos, sistemas, ciências e artes operacionais militares, foi quem pilotou a cápsula Resilience, da missão Crew-1, e segue atualmente como engenheiro de voo a bordo da Estação Espacial Internacional.

Warren Hoburg 

Hoburg se juntou à equipe de astronautas em 2017, é bacharel em aeronáutica e astronáutica e doutor em engenharia elétrica e ciência da computação. Antes de se juntar à NASA, era professor no Massachusetts Institute of Technology.

Jonny Kim 

Entrou para a NASA como parte da classe de astronautas de 2017. Kim se tornou membro da marinha estadunidense antes de se tornar bacharel em matemática e doutor em medicina.

Christina Hammock Koch 

Koch foi selecionada com astronauta em 2013, e leva consigo o recorde do voo espacial mais longo já feito com uma mulher; além disso, seu histórico de experiências também guarda a marca de 328 dias no espaço e seis caminhadas espaciais, sendo que três delas foram na companhia de Jessica Meir. Koch é bacharel em engenharia elétrica e física, e mestre em engenharia elétrica.

Kjell Lindgren 

Antes de se tornar astronauta, Lindgren era cirurgião de voo de suporte nas missões da estação espacial e do programa dos ônibus espaciais. Foi escolhido como astronauta em 2009, já passou 141 dias no espaço e realizou dois spacewalks. Lindgren é bacharel em biologia, mestre em fisiologia cardiovascular e doutor em medicina.

Nicole A. Mann 

Mann se juntou ao grupo de astronautas em 2013 e, atualmente, está treinando como piloto para seu primeiro teste de voo tripulado com o CST-100 Starliner, da Boeing, para voar com destino à Estação Espacial Internacional. Ela é bacharel e mestre em engenharia mecânica.

Anne McClain

Anne McClain se juntou ao grupo de astronautas em 2013, passou 204 dias no espaço e realizou duas caminhadas espaciais. Ela é coronel- tenente do exército dos Estados Unidos, aviadora militar sênior e graduada na escola naval de pilotos de teste como piloto de helicópteros de teste. Além disso, é bacharel em engenharia mecânica/aeronáutica, e mestre em engenharia aeroespacial e relações internacionais.

Jessica Meir 

Meir é bacharel em biologia, mestre em estudos espaciais e doutora em biologia marinha. Ela foi escolhida como astronauta em 2013 e, desde então, já passou 205 dias no espaço e realizou três caminhadas espaciais, junto de Koch. Ela voou para o espaço em 2019 e 2020.

Jasmin Moghbeli 

Moghbeli é major na marinha norte-americana, e tem bacharel e mestrado em engenharia aeroespacial. Ela se graduou na U.S. Naval Test Pilot School antes de ir para a NASA, e se juntou ao corpo de astronautas em 2017.

Kate Rubins

Rubins é bacharel em biologia molecular e doutora em biologia do câncer. Ela foi escolhida como astronauta em 2009, e foi a primeira pessoa a sequenciar o DNA no espaço. Além disso, Rubins já realizou dois spacewalks, e segue atualmente a bordo da Estação Espacial Internacional em seu segundo voo durante a missão Expedição 64.

Frank Rubio 

Bacharel em relações internacionais e doutor em medicina, Rubio foi cirurgião de voos no exército antes de entrar para a NASA. Ele foi selecionado como parte da classe de astronautas de 2017.

Scott Tingle 

Bacharel e mestre em engenharia mecânica, Tingle foi capitão da marinha dos Estados Unidos e se juntou à classe de astronautas de 2009. Ele já passou 168 dias no espaço e realizou uma caminhada espacial.

Jessica Watkins 

Watkins é bacharel em ciências geológicas e ambientais, e doutora em geologia. Antes de se tornar astronauta, ela foi membro da equipe de ciências do rover Curiosity. Watkins entrou para a classe de astronautas em 2017.

Stephanie Wilson 

Wilson é bacharel em engenharia espacial e mestre em engenharia aeroespacial. Antes de se tornar astronauta, trabalhou na nave Galileo, da NASA, no Laboratório de Propulsão a Jato, e foi escolhida como astronauta em 1996. Wilson é veterana de três voos a bordo dos ônibus espaciais, e já passou 42 dias no espaço.

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.