Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Destaque da NASA: pilares de luz brilham na foto astronômica do dia

Por| Editado por Luciana Zaramela | 04 de Março de 2024 às 18h10

Link copiado!

N. D. Liao
N. D. Liao

A foto destacada pela NASA nesta segunda-feira (4) no site Astronomy Picture of the Day traz um fenômeno luminoso e colorido. Talvez você tenha pensado nas brilhantes auroras boreais, mas na verdade, estamos falando de pilares de luz fotografados na Mongólia Interior, na China.

O fenômeno é causado por cristais de gelo achatados, que às vezes, podem se formar perto do solo. Quando isso acontece, eles podem refletir as luzes do solo em colunas luminosas, como aparece na foto abaixo.  

Continua após a publicidade

Normalmente, estes pequenos cristais gelados evaporam antes de alcançar o solo. Por isso, para os pilares de luz aparecerem, é preciso que as temperaturas estejam extremamente baixas. 

Além dos pilares, a foto mostra também algumas constelações bastante conhecidas, como a Ursa Maior e Menor. No lado esquerdo da imagem, está Polaris, também chamada de Estrela do Norte por ficar bem pertinho do polo norte celestial.

O que são pilares de luz

Os pilares de luz são um fenômeno atmosférico fascinante. Como mencionado acima, eles acontecem quando cristais de gelo achatados refletem a luz em direção ao solo; se milhares deles estiverem alinhados na atmosfera, podem criar uma aparente coluna de luz se estendendo para cima no céu. 

Continua após a publicidade

Como os pilares de luz são um fenômeno óptico, eles não estão exatamente acima de determinada fonte de luz ou de algum ponto específico no espaço. Além disso, a aparência deles varia de acordo com alguns fatores — um deles é a altitude dos cristais de gelo: quanto mais alto estiverem, ou quanto mais próximos forem das fontes de luz, maiores vão ser os pilares. 

Não há horário ideal para observar os pilares de luz, portanto podem ser vistos em qualquer momento durante a noite. Aliás, há quem tenha confundido-os com luzes sem explicação aparente, como as de objetos voadores não identificados. 

Fonte: APOD