Cosmonautas passarão 6h fora da ISS para receber novo módulo de pesquisa russo

Cosmonautas passarão 6h fora da ISS para receber novo módulo de pesquisa russo

Por Danielle Cassita | 13 de Novembro de 2020 às 12h30
Reprodução/NASA

Na próxima quarta-feira (18), os cosmonautas russos Sergey Ryzhikov e Sergey Kud-Sverchkov, a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS), irão para fora do laboratório orbital realizar suas primeiras caminhadas espaciais nos preparativos para a chegada do módulo Nauka, o novo módulo russo de pesquisa. É esperado que o spacewalk dure até seis horas.

Esse será o 47º spacewalk russo para manutenções, e Sergey Ryzhikov, comandante da Expedição 64, ao lado do engenheiro de voo Sergey Kud-Sverchkov, sairão do laboratório orbital através do módulo Poisk no segmento russo da estação, no lado que fica voltado para o espaço. Enquanto isso, Kate Rubins, astronauta da NASA, ficará encarregada de ajudá-los, monitorando o progresso da realização das atividades.

Da esquerda para a direita, Kate Rubins, Sergey Ryzhikov e Sergey Kud-Sverchkov (Imagem: Reprodução/NASA)

Ryzhikov vestirá um traje espacial russo Orlan com faixas vermelhas, e será o membro principal da caminhada espacial, enquanto Kud-Sverchkov vai usar um traje com faixas azuis como o membro de número dois. Durante o spacewalk, Ryzhikov e Kud-Sverchkov vão realizar inspeções de vazamento fora da escotilha, já que esse será o primeiro spacewalk em que o módulo Poisk é usado como uma trava para vedar a saída de ar.

Além disso, também reposicionarão uma antena do módulo Pirs, o compartimento de acoplagem da estação, para o Poisk. Essa é a primeira de uma série de tarefas que será feita ao longo de alguns spacewalks, que prepararão a remoção, o desacoplamento e o descarte do Pirs. Esse módulo, que fica voltado para a Terra, será substituído pelo novo módulo Nauka — cujo nome significa “ciência” em russo —, que será o Módulo de Laboratório Multiuso (MLM). Atualmente, o módulo está sendo preparado no cosmódromo Baiknour, no Cazaquistão, e deverá ser lançado no ano que vem.

Por fim, os cosmonautas vão substituir o regulador de fluxo de fluido no módulo Zarya, recuperar o hardware de medida dos impactos dos detritos espaciais e reposicionar um instrumento que mede o resíduo das ignições de propulsores. Essa será a primeira caminhada espacial para os dois cosmonautas, e a 232º feita para a manutenção e atualizações da estação.

Além do módulo Nauka, existem também planos para o lançamento do módulo nodal Prichal. Segundo informações de Dmitry Rogozin, diretor da Roscosmos, os dois novos módulos deverão ser lançados em abril e setembro de 2021, respectivamente, e essa será a primeira vez em 11 anos que a Rússia leva dois novos módulos para a estação.

Você poderá assistir à caminhada espacial por meio da cobertura ao vivo feita pela NASA, que será transmitida na NASA TV e no site da agência espacial, clicando aqui. A transmissão está prevista para começar às 10h30 no horário de Brasília, e é estimado que o spacewalk comece por volta das 11h30.

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.