Cometa mergulha no Sol para ser reduzido a átomos — e a SOHO filmou tudo

Por Daniele Cavalcante | Editado por Patrícia Gnipper | 12 de Maio de 2021 às 16h40
NASA/Missão SOHO

Em 10 de maio, um cometa de algumas dezenas de metros estava prestes a fazer a órbita no Sol, quando foi sugado e engolido pela estrela. O satélite do Observatório Solar e Heliosférico (SOHO) registrou o evento que reduziu o cometa Kreutz sungrazer em partículas.

Todos os dias, pequenos fragmentos de cometas desse tipo de cometa entram no Sol, mas é bem mais raro quando acontece com objetos de maiores proporções. Cometas Kreutz sungrazer são uma categoria de cometas que no passado fizeram parte de um objeto maior, provavelmente um grande cometa, e se separaram há cerca e pelo menos mil anos.

Eles também são caracterizados por fazer voos rasantes na órbita do Sol, ou seja, passam muito perto da estrela quando estão prestes a completar uma volta. Por isso, alguns acabam capturados pela gravidade solar. O nome que recebem é em homenagem ao astrônomo alemão Heinrich Kreutz, que foi o primeiro a demonstrar que eles estavam relacionados entre si.

Os restos empoeirados deste cometa se desintegraram em átomos individuais, e agora serão soprados de volta para o Sistema Solar pelo vento estelar do nosso Sol. Encontrar este cometa não foi um trabalho muito difícil para o SOHO, já que a sonda já detectou mais de 4 mil desses objetos em seus 25 anos de atividade, a maioria deles parte da família Kreutz. O SOHO também filmou colisões de cometas maiores, como este evento em 2019, quando outro Kreutz mergulhou direto na atmosfera solar.

Fonte: The Watchers

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.