Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

China já está desenvolvendo sua nova gerações de foguetes

Por| Editado por Patricia Gnipper | 10 de Dezembro de 2021 às 14h40

Link copiado!

Wang Jiangbo/Xinhua
Wang Jiangbo/Xinhua

A China já está desenvolvendo sua próxima geração de foguetes, que contará com veículos tripulados de exploração lunar e alguns que deverão pesar mais de 100 toneladas. As informações sobre a nova família de veículos do país foram divulgadas pela Xinhua, a agência de notícias da China, após o 400º lançamento com um foguete Long March 4B, realizado nesta sexta-feira (10).

Nesta missão, o foguete levou um novo grupo de satélites Shihshi-6 à órbita. A China Aerospace Science and Technology Corporation (CASC) afirma que, desde o primeiro lançamento de um foguete da série Long March, cerca de 92% das missões espaciais da China foram levadas ao espaço por outros da mesma família de lançadores.

Continua após a publicidade

No mesmo dia, um repórter da Xinhua foi às instalações dos foguetes da série para entrevistar especialistas e entender melhor o que esperar do futuro dos veículos lançadores da China. Um dos responsáveis pelo projeto revelou que, para atender as necessidades de missões futuras, como a exploração lunar tripulada, o Grupo de Ciência e Tecnologia Espacial está desenvolvendo um veículo lançador de 100 toneladas.

Este novo foguete será bem maior que o atual Long March 5 e, devido à grande complexidade de desenvolvimento e tecnologias utilizadas, poderá realizar seu primeiro voo somente em 2028. Haverá, ainda, veículos da série Jielong, que serão usados em lançamentos comerciais para garantir desempenho e lançamentos rápidos, com custo benefício e confiabilidade.

O futuro dos foguetes da China

De acordo com as autoridades do país, a nova geração de foguetes lançadores é relacionada às séries Long March 5, Long March 7, Long March 8 e Long March 11, desenvolvidos conforme o plano de desenvolvimento espacial tripulado do país. O Jielong 3, por exemplo, será um dos novos foguetes da série, que terá quatro estágios e peso de decolagem de aproximadamente 140 toneladas.

Continua após a publicidade

O foguete poderá ser adaptado para lançamentos terrestres e marítimos rapidamente, e poderá ser preparado para voar em apenas 72 horas. Atualmente, o foguete está na etapa de desenvolvimento de engenharia e, quando estiver operacional, será o veículo lançador com a mais forte capacidade de transporte e maior adaptabilidade de locais de lançamento da China.

A nova geração de foguetes terá capacidade de carga ainda maior que o Long March 5, foguete considerado aquele com a maior capacidade de transporte do país atualmente. Liu Bing, vice-diretor do Departamento de Design Geral do Primeiro Instituto do Grupo de Aero-Tecnologia, explicou que estes novos veículos lançadores tripulados vão herdar os padrões de design, de alta confiabilidade e segurança já consagrados dos foguetes Long March 2F.

Fonte: Xinhua; Via: IT Home