China deve iniciar a construção de sua terceira estação espacial no ano que vem

China deve iniciar a construção de sua terceira estação espacial no ano que vem

Por Danielle Cassita | 25 de Novembro de 2020 às 21h00
CMS

Parece que a China está pronta para começar a construção da Tiangong-3, sua terceira estação espacial modular: de acordo com informações de Qu Yiguang, vice-chefe de projeto do foguete Long March 5, as atividades deverão ser iniciadas já no ano que vem. 

Segundo ele, foi determinado que o Long March 5, o foguete mais potente que o país possui até o momento, será utilizado na missão de lançar essa que será a maior espaçonave da China. “Começando no ano que vem, vamos começar a realizar lançamentos como parte da missão de construir a estação espacial do nosso país”, finalizou o oficial. A ideia é que sejam lançadas 12 missões para finalizar a estação em 2022.

A estação recebeu o nome “Tiangong”, que pode ser traduzido como Palácio Celestial, e deverá ser ocupada por até três taikonautas (como são chamados os astronautas chineses) ou seis pessoas durante mudanças de tripulação. O país confirmou recentemente que já até selecionou os astronautas que irão para a futura estação. Assim, a Tiangong-3 vai contar com um módulo central, chamado Tianhe-1, junto de outros dois módulos para experimentos científicos de áreas como biologia e física.

Esta estação vem seguida dos laboratórios orbitais Tiangong-1 e Tiangong-2 — esta última foi retirada de órbita no ano passado com sucesso, e representou a primeira oportunidade que a China teve para realizar experimentos de longo prazo no espaço, além de permitir que o país testasse sistemas de suporte à vida e capacidades de reabastecimento. Além disso, em 2018, a China anunciou os objetivos estabelecidos para seu programa lunar, que envolvem a exploração dos dois polos lunares em meados de 2030, por meio de missões tripuladas, e o estabelecimento de uma estação científica de pesquisa por lá.

Fonte: SputnikNews

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.