Tiangong-2 | Segunda estação espacial chinesa reentra na atmosfera com sucesso

Por Patrícia Gnipper | 19 de Julho de 2019 às 15h07

Lançada em setembro de 2016 como a sucessora da Tiangong-1, de 2011 (esta que caiu no Oceano Pacífico no ano passado), a estação espacial chinesa Tiangong-2 acaba de reentrar na atmosfera da Terra com sucesso, com tudo acontecendo conforme o planejado, desta vez.

O Escritório de Engenharia Espacial da China (CMSEO) anunciou nesta sexta (19) que a reentrada controlada aconteceu acima do Pacífico Sul, com a estação de 8,6 toneladas caindo sobre uma área desabitada da região. A descida se deu por meio de uma propulsão com a queima do motor entre os dias 10 e 18 de julho, para que a estação "caísse" gradativamente. Tudo foi filmado de dentro da Tiangong-2:

A Tiangong-2 foi projetada para ser uma espécie de degrau para o desenvolvimento e teste prático de tecnologias para módulos maiores para a criação de uma estação espacial chinesa verdadeiramente completa, projeto este que vem sendo elaborado desde os anos 1990. Então, com a Tiangong-2 a China testou seus sistemas de suporte à vida e capacidades de reabastecimento cruciais para a manutenção de uma estação espacial habitada e de longa vida útil.

Na Tiangong-2, dois astronautas chineses (ou taikonautas) chamados Jing Haipeng e Chen Dong viveram lá por 33 dias no final de 2016, com esta sendo até então a mais longa missão espacial tripulada já enviada pela China.

Sendo assim, com o fim da Tiangong-2, o país asiático ficará por alguns anos sem nenhuma estação orbital capaz de receber missões tripuladas, o que acontecerá pela primeira vez desde 2011. A futura estação espacial chinesa (a CSS), terá seu módulo central Tianhe lançado em breve, mas ainda sem data confirmada. O país espera que Tianhe entre em órbita em 2020, iniciando as primeiras operações com até seis astronautas em 2022.

Fonte: Spacenews

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.