Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Brasil criará tecnologias de plantação de alimentos no espaço

Por| Editado por Luciana Zaramela | 15 de Maio de 2024 às 22h04

Link copiado!

Aphiwat chuangchoem/Pexels
Aphiwat chuangchoem/Pexels

O presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), Marco Antônio Chamon, anunciou o programa de desenvolvimento de técnicas de cultivo de alimentos fora da Terra. A proposta deve ser uma das contribuições do Brasil com o Programa Artemis, da NASA, que levará a humanidade de volta à Lua.

Em junho de 2021, foi oficializado a participação do Brasil no programa lunar da NASA, por meio dos Acordos Artemis. Com isso, nosso país se encarregará de desenvolver tecnologias para contribuir com o estabelecimento da presença humana de longo prazo na Lua.

A NASA já reuniu 39 países para ajudar a realizar esse objetivo, que por sua vez visa levar os primeiros astronautas a Marte. A futura base lunar servirá como uma espécie de “acampamento” espacial para facilitar o acesso ao Planeta Vermelho.

Continua após a publicidade

Com isso, o Brasil tem a responsabilidade de apresentar propostas de contribuir com a NASA e, segundo Chamon, o cultivo de alimentos no espaço está nos planos. A tecnologia de plantação em ambientes inóspitos, como espaçonaves e a própria Lua, é crucial para o sucesso do programa.

“O Brasil está tentando contribuir em algo em que tem um protagonismo internacional muito grande, que é a agricultura”, disse Chamon, que participou do webnar “Negócios Espaciais e o Papel do Brasil”. A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) ficará incumbida de desenvolver as tecnologias necessárias para executar o plano.

Fonte: Agência Brasil