Publicidade

Asteroide ficou mais perto da Terra que satélites nesta terça (14)

Por| Editado por Luciana Zaramela | 14 de Maio de 2024 às 12h19

Link copiado!

urikyo33/Pixabay
urikyo33/Pixabay

Mais uma rocha espacial se aproximou do nosso planeta. O asteroide 2024 NJ16 passou pertinho da Terra durante a manhã de terça (14), ficando mais perto da superfície do planeta do que satélites na órbita geoestacionária

A aproximação máxima da rocha espacial aconteceu às 6h50 no horário de Brasília, quando o objeto ficou a apenas 25 mil km da superfície da Terra. Para comparação, os satélites em órbitas geoestacionárias ficam a cerca de 36 mil km de distância do equador do planeta.

Estes satélites costumam ser usados para diferentes formas de telecomunicações, como a televisão. Os sinais emitidos por eles podem ser transmitidos para todo o mundo — e como a telecomunicação exige que o satélite seja “visto” o tempo todo, ele precisa ficar sempre na mesma posição em relação à superfície. 

Continua após a publicidade

Os membros do projeto Virtual Telescope exibiram imagens do asteroide enquanto se aproximava. 

Segundo informações da NASA, o asteroide 2024 NJ16 mede apenas quatro metros de comprimento, ou seja, seu tamanho é parecido com o de um carro. Ele é considerado um asteroide próximo da Terra, categoria que inclui os objetos cujas órbitas os trazem para a nossa vizinhança orbital.

A maioria dos asteroides próximos da Terra tem tamanho variando de alguns metros de comprimento até 40 km. Conforme os astrônomos observam as órbitas destes objetos, eles conseguem prever de forma mais precisa onde vão estar em alguns anos e até em décadas, verificando também se podem realizar aproximações perigosas.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Fonte: NASA, Virtual Telescope