Mortal Kombat | 5 semelhanças entre os filmes de 1995 e 2021

Mortal Kombat | 5 semelhanças entre os filmes de 1995 e 2021

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 07 de Junho de 2021 às 22h00
Divulgação/Warner Bros. Pictures

Atenção! Esta matéria contém spoilers

O novo filme de Mortal Kombat está em cartaz nos cinemas e chegará ao Brasil nos serviços de streaming no fim de junho, com o lançamento do HBO Max. Ao assistir à película, além de desfrutarmos dos combates e fatalities, foi inevitável não tentar achar semelhanças e fazer comparações com o filme de 1995, que foi sucesso absoluto e até hoje elogiado por fãs em todo o mundo.

Os diretores e a Warner tentaram ao máximo fazer uma adaptação fiel com os games, mas sempre se descolando do que aconteceu na década de 90, já que aquele filme seguia bastante a linha do tempo e história de fundo dos primeiros jogos. Com o reinício de tudo em Mortal Kombat 9 (2011), fez mais sentido que a obra atual se parecesse mais com os games lançados nesta última década, como Mortal Kombat 11 (2019).

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Pensando nisso, o Canaltech separou as cinco principais semelhanças entre o primeiro filme e o reboot de 2021. Confira:

5. Kano caricato

Tal qual no filme de 1995, Kano (Josh Lawson) é um mercenário que tem uma ligação prévia com Sonya Blade (Jessica McNamee), tendo ele matado seu principal parceiro de Forças Especiais. Sua personalidade pode ser considerada, ao menos em 2021, como o alívio cômico da película, mesmo em momentos de maior tensão. O roteiro, nesse caso, ajuda, fazendo com que ele seja um dos destaques.

Imagem: Warner/ IMDB

Além disso, assim como em 1993, Kano acaba morto por Sonya.

4. Shang Tsung no papel de vilão máximo

Mesmo sem muito destaque no filme de 2021, Shang Tsung (Chin Han) é o grande arquiteto por trás dos planos de Outworld para a invasão do Plano Terreno. De modo geral, o feiticeiro quer sabotar o torneio Mortal Kombat eliminando os campeões um a um para que, deste modo, seu reino, que é comandado por Shao Kahn, possa dominar por aqui sem maiores dificuldades.

Em 1995, porém, com muito mais destaque e aparições, o feiticeiro (Cary-Hiroyuki Tagawa), além de arquitetar tudo dentro do torneio, protagoniza o combate final contra Liu Kang (Robin Shou)

Imagem: Warner/ IMDB

A expectativa é que Shang Tsung ganhe mais destaque em um próximo filme.

3. Reptile agindo por fora

Assim como em 1993, o alienígena Reptile é recrutado por Shang Tsung para eliminar lutadores terrenos antes do torneio. Na verdade, no filme da década de 90, ele só entra em cena em uma luta espetacular contra Liu Kang (Robin Shou), depois que ele e Johnny Cage (Linden Ashby) chegam a Outworld para salvar Sonya Blade (Bridgette Wilson), que fora sequestrada por Shang Tsung e levada para lá para tentar finalizar o torneio.

Imagem: Warner/ IMDB

Na película de 2021, Reptile tem a mesma missão de "interromper" o torneio, mas chega muito mais cedo, invadindo a casa de Sonya e lutando contra ela, Kano e Cole Young (Lewis Tan).

2. Liu Kang como o principal lutador da Terra

Outro que deve ganhar mais destaque em um segundo filme, Liu Kang (Ludi Lin) é o principal lutador do Plano Terreno ao lado de Kung Lao (Max Huang), seu primo durante a trama. Sempre atuando ao lado de Raiden e dotado de muita sabedoria e conhecimento sobre o torneio e as técnicas de luta, ele é fundamental para auxiliar a todos nos combates.

Imagem: Imagem: Warner/ IMDB

No filme de 1995, o lutador também o principal lutador da Terra e derrota três personagens importantes na trama: Sub-Zero (François Petit), Reptile (Keith Cooke) e Shang Tsung.

1. Música tema

Identificável por 9 entre 10 fãs de Mortal Kombat, a música Tecno Syndrome, feita pelo grupo The Immortals, foi sucesso absoluto por conseguir encaixar bem com as lutas e toda a proposta do filme. Com isso em mente, o compositor Benjamin Wallfisch recriou a música tema do filme, batizando-a de Techno Syndrome 2021.

Vejam por si mesmos:

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.