Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Homem de Ferro sabe por que os Vingadores não ajudaram os X-Men

Por| 01 de Abril de 2024 às 14h05

Link copiado!

Marvel Comics
Marvel Comics

Todo mundo que leu a queda dos X-Men e da Era Krakoana no Massacre de Mutantes do Hellfire Gala estranhou por que os Vingadores assistiram sem ajudar os Filhos do Átomo, mesmo com o membro titular Homem de Ferro no centro do conflito. Os Maiores Heróis do Mundo até acolheram os sobreviventes e ajudaram a reduzir os danos, mas até o Wolverine chegou a comentar com o Capitão América que a parceria tem que ser mais proativa. 

Eis que, depois de muita morte e o fim da utopia mutante, o Homem de Ferro finalmente confessou que tem culpa no cartório e foi o responsável direto pela ausência dos Vingadores na rede de apoio dos X-Men.

Tudo bem que os Vingadores têm estado muito ocupados ultimamente, ainda mais com uma equipe que não tem o mesmo poder e capacidade de surpreender os inimigos quando a formação tem a Trindade Marvel no comando, com o Homem de Ferro, Thor e Capitão América.

Continua após a publicidade

Além disso, oponentes de escala divina como os Ashen Combine e a Corte Crepuscular de Myrddin foram grandes desafios para a líder Capitã Marvel, que também sofre por não ter alguém mais preparado para lidar com a nova base do grupo, que fica em uma cidade inteligente.

Após a atuação conjunta no evento A.X.E: Dia de Julgamento, era de se esperar que os Vingadores estariam mais próximos dos X-Men, principalmente no momento que os mutantes mais precisavam. E vale destacar que o Homem de Ferro, que casou com Emma Frost e construiu sua armadura atual com o metal mysterium, ainda convive bastante com os mutantes. 

Mas por que o Homem de Ferro isolou os mutantes?

Continua após a publicidade

Tony Stark é um futurista que sempre planeja as coisas pensando em uma perspectiva mais ampla e a médio e longo prazo. Então, na visão dele, atacar a Orchis antes de isolar Feilong e fortalecer os mutantes, justamente no momento em que os inimigos estavam muito bem estruturados em atividades precisamente coordenadas, seria uma ofensiva com grandes chances de fracasso.

Então, ele pediu para os Vingadores não interferirem naquele momento e traçou um plano para agir quando os X-Men também estivessem com as forças estabelecidas para neutralizar os inimigos separadamente. Enquanto isso, ele foi minando a influência de Feilong no âmbito civil, ao lado do Clube do Inferno; e obteve o metal mysterium com a ajuda de Emma Frost, para construir novos trajes imbatíveis — a Mark 72 e a Mark 73, apelida de Sentinel Buster, dada sua estatura titânica.

Assim, os X-Men lançaram seu grande ataque contra as muitas bases da Orchis, e, assim que a retribuição surpreendeu parte da estrutura da organização, o Homem de Ferro comunicou os Vingadores que era chegada a hora de atacar.  

E Tony Stark projetou uma ação devastadora, com a tática de se mover tão rapidamente que a Orchis não pode acompanhar. Na prévia de The Avengers #12, que chega às bancas gringas nesta semana, os Maiores Heróis do Mundo dominaram uma fazenda de Sentinelas da Orchis no Alasca, onde os X-Men vão poder usar como base. 

Continua após a publicidade

Esse é só o começo da resposta de Stark e dos X-Men aos oponentes que trouxeram um dos momentos mais trágicos e sombrios da trajetória dos mutantes da Marvel, e nenhum dos atingidos por essa derrota devastadora ficará satisfeito enquanto a Orchis continuar atuando com tanta estrutura e influência nos governos e na opinião pública.