Elize Matsunaga | Crime que chocou o Brasil vira série na Netflix; relembre

Elize Matsunaga | Crime que chocou o Brasil vira série na Netflix; relembre

Por Natalie Rosa | Editado por Jones Oliveira | 05 de Julho de 2021 às 10h20
Netflix

Um dos casos de assassinato mais famosos do Brasil é o tema de Elize Matsunaga: Era Uma Vez um Crime, nova série documental de crime real da Netflix que estreia no próximo dia 8 de julho em quatro episódios. Em 2012, Eliza Matsunaga matou e esquartejou o próprio marido, Marcos Matsunaga, dentro de casa.

O caso chocou o país e se tornou um dos maiores eventos midiáticos do ano, tomando conta de toda a imprensa e espectadores que se perguntavam sobre o motivo de tamanha crueldade. Marcos era um empresário bastante renomado no setor alimentício, sendo o diretor-executivo da marca Yoki.

Quase 10 anos depois, o caso volta a ser assunto na mídia com o lançamento da série documental original da Netflix. Relembre o caso e o que exatamente aconteceu.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Divulgação/Netflix

Atenção: esta matéria contém spoilers do caso e também detalhes que podem ser sensíveis a alguns.

O assassinato

O crime aconteceu na madrugada do dia 20 de maio de 2012, quando Marcos Matsunaga, então com 42 anos, deixou brevemente seu apartamento para pegar uma pizza que havia pedido com a esposa, Elize. Ao entrar em casa novamente, Marcos foi atingido por um tiro na cabeça feito por Elize à queima-roupa. O crime, no entanto, não ficou por aí. Depois de disparar com um revólver .380, que ironicamente havia sido um presente da vítima, Elize decidiu esquartejar o corpo de Marcos para facilitar o processo de se livrar das provas do crime. O corpo foi dividido em seis partes: cabeça, braços, pernas e tórax. Segundo o legista, o esquartejamento começou apenas 10 horas depois da morte.

No dia seguinte, às 11h30 da manhã, Elize foi flagrada pelas câmeras de segurança do prédio em que morava carregando três malas. Posteriormente, descobriu-se que as partes esquartejadas do marido estavam dentro dessas malas e envolvidas com sacolas plásticas. Elize descartou o corpo em uma rodovia da cidade de Cotia, em São Paulo, e as malas foram encontradas três dias depois. Em 4 de junho, os peritos identificaram o material como o corpo de Marcos Matsunaga, e a criminosa se tornou a principal suspeita devido aos vídeos em que aparecia com as malas.

Motivação

O relacionamento entre Elize e Marcos foi conturbado desde o início, em 2004. Eles se conheceram quando o empresário era casado com outra mulher e Elize trabalhava como garota de programa, permanecendo nessa relação extraconjugal por três anos. Quando Marcos enfim pediu o divórcio, se casou com Elize em 2009.

A relação, que era repleta de ameaças e desconfianças, começou a se tornar perigosa quando Elize passou a acreditar que Marcos tinha uma vida dupla e outra família, chegando a contratar um detetive particular. O investigador confirmou as suspeitas enquanto Elize estava em uma viagem ao Paraná, onde nasceu, para visitar a família. Ao voltar para casa, não demorou para que ela tomasse a decisão de acabar com tudo, mas da pior forma possível. Depois que a babá foi embora, Elize pegou a pistola e cometeu o crime. Ela afirmou à polícia ter agido sozinha no crime, motivada pelas relações extraconjugais da vítima e por ameaças que dizia receber.

O julgamento que condenou Elize ficou conhecido como um dos mais longos que já aconteceram na cidade de São Paulo. As sessões contaram com depoimentos da babá, comprovações da compra de uma serra elétrica, análises de DNA, suposições, entre outras questões que serão abordadas na série documental. O júri considerou a acusada a única culpada pelo crime, condenando-a, inicialmente, a 19 anos e 11 meses de prisão.

Assista ao trailer:

Elize Matsunaga: Era Uma Vez um Crime estreia na Netflix no dia 8 de julho em quatro episódios.

Com informações: Aventuras na História

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.