Dia das Crianças online: dicas para seu pequeno se divertir sem sair de casa!

Por Nathan Vieira | 12 de Outubro de 2020 às 09h00
Victoria Borodinova/Pixabay

Nesta segunda-feira (12), comemora-se algo muito especial: o Dia das Crianças. No entanto, em um ano tão complicado, muitos devem comemorar essa ocasião sem sair de casa. A boa notícia é que a tecnologia pode ajudar nessa tarefa, fornecendo uma diversão segura para você e para o seu pequeno. Sendo assim, trazemos algumas sugestões tech para celebrar esse dia.

Em um momento que inevitavelmente as crianças ficam ainda mais próximas da tecnologia, a relação delas com essa ferramenta e os benefícios e os malefícios dessa parceria acabam vindo à mente. Sobre isso, a psicopedagoga Luciana Brites, CEO do Instituto NeuroSaber e coautora dos livros “Como saber do que seu filho realmente precisa?” (2018), “Mentes únicas” (2019) e “Crianças desafiadoras” (2019) esclarece que o segredo está em buscar o equilíbrio.

"Os pais podem equilibrar isso fazendo uma rotina, gerenciando isso e oferecendo outras coisas para fazer, estipulando um prazo das atividades", recomenda a psicopedagoga. "A tecnologia propicia a estimulação de vários canais sensoriais. Você tem a possibilidade de diversos tipos de atividades, tanto a forma escrita quanto o desenho, o áudio, o vídeo. Essa possibilidade ajuda muito a criança a ter diversos tipos de estimulação, de informação. O lado bom da tecnologia fazer parte do desenvolvimento é exatamente possibilitar que o pai e/ou mãe esteja junto mediando esse processo. Deveria propiciar essa maior interação", ressalta.

Sendo assim, nesse Dia das Crianças, vale equilibrar. É hora de aproveitar da tecnologia para despertar a criatividade do seu pequeno e, é claro, se divertir junto com ele com o melhor que o mundo online tem a oferecer:

Exposições virtuais

A restrição de visitas a museus devido à pandemia do novo coronavírus não impedirá que as crianças comemorem seu dia com diversão e conhecimento. É que os museus de ciência da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo podem agora ser visitados de forma virtual, de dentro de casa. A nova modalidade permite que o público mate a saudade do Planeta Inseto, único zoológico de insetos do Brasil, mantido pelo Instituto Biológico (IB-APTA), e do Museu de Pesca, uma das principais atrações turísticas de Santos, mantido pelo Instituto de Pesca (IP-APTA). A versão virtual das duas exposições conta com uma réplica da estrutura física dos espaços, contendo em cada ambiente parte do acervo real, que são visitados por mais de 80 mil pessoas anualmente.

No Planeta Inseto, os visitantes podem ter acesso a informações sobre formigas, abelhas, bicho-da-seda, bicho-pau, baratas e besouros. Além disso, podem conhecer os insetos de importância médica, saber o que é controle biológico e ver como funciona um laboratório entomológico. Enquanto isso, no Museu de Pesca, são desenvolvidas atividades educativas não formais, com o intuito de promover a preservação ambiental, estimular a sustentabilidade pela correta utilização dos recursos naturais, marinhos e continentais, além de promover a aquicultura sustentável.

Lives

Dança das máscaras

(Imagem: Divulgação/Palavra Cantada)

Desde a ascensão da pandemia, um modo muito utilizado para ficar "próximo" de um ídolo e assistir a um show ou a um espetáculo tem sido a live. Neste Dia das Crianças, há inúmeras lives por aí, que podem divertir o seu pequeno ao longo do dia.

Pensando em estimular as crianças a usarem a máscara de forma lúdica e animada para se protegerem, a dupla Sandra Peres e Paulo Tatit, da Palavra Cantada, e o personagem Senninha vão lançar a música e o clipe “Dança da Máscara”. O lançamento oficial será na live chamada "Senninha ao Vivo", nesta segunda, às 12h, com transmissão pelo YouTube, Facebook e Instagram oficiais do personagem Senninha. As duas marcas com projetos de viés educativo para crianças se uniram pela primeira vez para desenvolver um projeto desafiador: uma música e uma dança, para animar e divertir a criançada, respeitando cuidados que precisam estar presentes quando elas estão juntas.

Aula de Tie-Die

Enquanto isso, a Maple Bear, rede de escolas de ensino bilíngue com metodologia canadense, promove, às 17h, um webinar ao vivo para ensinar a garotada a personalizar camisetas usando a técnica Tie-Die. Em alta atualmente nas redes sociais, o Tie-Die é uma técnica artesanal de tingimento de tecidos que aplica várias cores para a criação de padrões incríveis. O tutorial será ministrado por Vinicius Farah, da empresa Xfunplay. O evento online será totalmente gratuito, aberto a participação do público em geral e será transmitido via o Instagram da Maple Bear. O evento faz parte da série #TimetoPlay da Maple Bear que incentiva os jovens a desenvolverem atividades criativas em casa.

Histórias

Com o objetivo de levar diversão aos pequenos, mas sem deixar o cuidado com a saúde de lado, no mês de outubro, a Smart Fit criou uma programação infantil especial. Na segunda-feira, 12 de outubro, os canais da academia no Instagram e no YouTube terão a contadora de histórias com Carol Levy, misturando ficção e atividade física de forma lúdica, com a história “Os três cabritinhos”.

A Disney também investiu em uma campanha voltada ao Dia das Crianças, intitulada “Agora é Hora de Brincar”, em parceria com a Avellar Media. Trata-se de histórias interativas por comando de voz que podem ser utilizadas em smart speakers, como Nest Mini ou Amazon Echo, ou mesmo nos próprios smartphones, com aplicativos de assistentes como o da Alexa ou do Google Assistente. Funciona da seguinte maneira: ao ativar o comando de voz de seus aparelhos digitais, as crianças poderão falar palavras-chave que convidam um narrador a contar histórias com personagens da Disney, Pixar, Marvel e Star Wars.

Festivais

Festival Internacional Pixel Show (Imagem: Divulgação)

Neste Dia das Crianças, acontece a estreia da 16ª edição do Festival Internacional Pixel Show (que acontece anualmente em São Paulo desde 2005), dessa vez sem sair de casa. Há atividades para crianças, webinars, lives e atrações interativas para todas as idades. O festival acontece de 12 a 18 de outubro, das 13h às 22h. Por meio de uma plataforma, o participante vai poder entrar e sair de salas de conferências com palestrantes nacionais e internacionais (todas com legenda), participar de oficinas de criatividade, intervenções artísticas, jogos online, filmes, bandas, tudo o que sempre esteve disponível para assistir e interagir na famosa Feira de Criatividade. Makers, artesãos, artistas e criativos não vão apenas exibir a sua arte, mas ensinar a fazer.

A programação do dia 12 é a seguinte: das 13h às 14h acontecem tutoriais de escultura de balões – diretamente do Japão, mas com legenda em português. O mestre do Balloon Art, Masayoshi Matsumoto vai ensinar a construir um tanque de guerra, mas o público também vai poder ver as esculturas de insetos coloridos e animais com muitos detalhes. Enquanto isso, das 14h às 15h acontece o "Pinte seu skate", com o artista de grafite Leandro Curbs ensinando a personalizar o seu próprio skate para a garotada repetir em casa.

Das 16h às 17h, há uma dinâmica da Post-it voltada especialmente a crianças com deficiência. Na ocasião, o cartunista Fernando Brito vai mostrar como fazer desenhos livres no pequeno papel colorido e usá-los para ajudar na identificação e representatividade de crianças especiais. Por fim, às 17h, 19h30 e 20h30 acontecem os desafios e tutoriais de lego, em que a marca vai mostrar os segredos de como utilizar as peças corretamente para que o público possa criar o que quiser.

Enquanto isso, o Festival de Música Infantil Peixe-Boi chega à sua 4ª edição com estreia no Dia das Crianças, 12 de outubro, e segue até final de dezembro, apresentando trabalhos em vídeo de 10 artistas ou grupos, atuantes no cenário da música infantil. Os vídeos dos musicais serão disponibilizados gratuitamente no canal do projeto, a partir das 12h dos dias programados. Nessa estreia, participam os seguintes grupos: Giba Pedroza & Cris Barulins (com a música Maré), Cia. Cabelo de Maria (Mosquitinho), Lili Flor & Paulo Pixu (Seu Tatu) e Grupo Capucheta (Brincou na Flor).

(Imagem: Divulgação/Peixe Boi)

São musicais inéditos, atrações de nichos e estilos variados com música para crianças, passando pela cantiga de roda, roda de histórias, teatro de bonecos, mamulengo, literatura popular, folclore e outras manifestações artísticas. O acesso acontece gratuitamente, pelo YouTube.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.