Dexter: New Blood | Michael C. Hall diz que sabia do final da série há 2 anos

Dexter: New Blood | Michael C. Hall diz que sabia do final da série há 2 anos

Por Natalie Rosa | Editado por Jones Oliveira | 12 de Janeiro de 2022 às 11h00
Showtime

Na última segunda-feira (10), o último episódio de Dexter: New Blood foi ao ar, mas Michael C. Hall, intérprete do serial killer, já sabia do final há mais de dois anos.

A declaração foi feira pelo showrunner Clyde Phillips, que também esteve por trás das quatro primeiras temporadas da série original, Dexter. A trama, que estreou em 2006 e acabou em 2013, conquistou 18 indicações ao Emmy e rendeu a Michael C. Hall um Globo de Ouro de melhor ator.

Atenção: este texto contém spoilers de Dexter: New Blood!

Dexter: New Blood nasceu para compensar o final da série original (Imagem: Divulgação/Showtime)

Decepção

Dexter chegou ao fim na oitava temporada, trazendo um desfecho à história do assassino em série que escolhia vítimas que mereciam morrer, de acordo com o código ensinado pelo pai. O final, no entanto, deixou a desejar e frustrou os fãs.

Para se redimir da frustração, no final de 2021 estreou a minissérie Dexter: New Blood, que mostrou como estava a vida do personagem 10 anos após a sua fuga. Dexter deixou o clima quente e úmido de Miami para viver em uma cidade pequena e fria chamada Iron Lake, usando o nome Jim Lindsay.

A minissérie, então, trouxe um fechamento mais emocionante e empolgante para o personagem, enquanto levou bastante nostalgia aos fãs ao longo de seus 10 episódios.

Michael C. Hall já sabia do destino do personagem há mais de dois anos (Imagem: Divulgação/Showtime)

Revival

Phillips conta que Hall sabia que o personagem seria morto na minissérie há cerca de dois anos e meio, e que o ator entendeu que era a melhor decisão para o destino de Dexter.

"Se Dexter continuasse escapando de cada enrascada toda vez, estaríamos fazendo um programa de super-herói", conta o showrunner. Queríamos trazer o máximo de humanidade possível para o final da série e dizer adeus ao personagem com dignidade e integridade", completou.

Clyde Phillips conta que esse final estava cotado para acontecer no final do último episódio da série original, mas acabaram optando pela fuga. Em New Blood, Dexter teria a chance de escapar mais uma vez, mas se isso acontecesse seria um novo erro. O destino do personagem foi difícil, mas a forma em que aconteceu bastante significativa para quem ele era e o que acreditava.

Dexter: New Blood está disponível em 10 episódios no Paramount+.

Fonte: ScreenRant

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.