Crítica Servant | Temporada 3 tem estreia morna e confusa no Apple TV+

Crítica Servant | Temporada 3 tem estreia morna e confusa no Apple TV+

Por Natalie Rosa | Editado por Jones Oliveira | 24 de Janeiro de 2022 às 21h20
Apple TV+

Quando o Apple TV+ estreou, a plataforma de streaming chegou com a série Servant em seu catálogo. A premissa da trama é ser um thriller psicológico com uma história sobrenatural e cheia de mistérios. Agora, na terceira temporada, é hora de termos mais respostas sobre o que está acontecendo, mas será que teremos?

Enquanto a primeira temporada foi uma grande incógnita para a história da família Turner, de Leanne (Nell Tiger Free) e do bebê Jericho, a segunda abraçou o esquisito e começou a nos dar pistas sobre toda essa grande loucura. Sendo assim, a expectativa é que esta terceira temporada traga respostas mais claras e que levem ao fechamento, que deve acontecer logo.

Atenção: esta matéria contém spoilers de Servant!

Desperdício

O primeiro episódio da nova temporada, no entanto, parece ter sido um desperdício de tempo. Ainda é muito cedo para dizer qual é o tamanho da relevância do episódio para o restante da temporada, mas a primeira impressão é de que ele não precisava ter ocupado todos os minutos disponíveis.

Agora, parece que veremos Jericho com mais frequência, com o bebê ganhando bastante evidência neste momento inicial, deixando o assustador boneco de lado. Todo o episódio é focado em Sean (Toby Kebbell) e Julian (Rupert Grint) aceitando a insanidade de Dorothy (Lauren Ambrose) e Leanne, tentando viver dentro da mais possível normalidade que pode existir nesse universo.

Questões religiosas e falta de respostas

A temporada 3 começa três meses depois dos acontecimentos da temporada passada, com a família completamente paranoica com a possibilidade de perder Jericho mais uma vez. Assim como muitas produções que contam com a mão de M. Night Shyamalan, Servant tem um toque de insanidade com questões religiosas, esta segunda presente não só no título da série (servo), como também no nome do bebê.

Servant é um thiller psicológico que acontece em torno do bebê Jericho (Imagem: Divulgação/Apple TV+)

Trazer questões bíblicas para dentro da série poderia ser algo mais passível de clareza, pois é algo que faz parte da vida de muitas pessoas ao longo dos séculos, o que não vem acontecendo com Servant. Ainda que seja curioso e divertido resolver mistérios, é um pouco decepcionante ver que uma produção faz questão de estender as incógnitas por muito tempo.

A esperança dos fãs, agora, é que os próximos episódios consigam desenrolar mais respostas do que a segunda temporada, em vez de se fortalecer cada vez mais em simbolismos confusos. Três temporadas já são suficientes para encerrar um mistério tão intrigante e, se precisar, trazer novos.

Servant traz simbolismos bíblicos para contar um mistério (Imagem: Divulgação/Apple TV+)

A terceira temporada de Servant já está disponível no Apple TV+, com os episódios sendo lançados semanalmente, todas as sextas-feiras.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.