15 filmes de sucesso gratuitos para ver no Pluto TV

15 filmes de sucesso gratuitos para ver no Pluto TV

Por Laísa Trojaike | 24 de Janeiro de 2021 às 12h00
Reprodução/PlayArte/Odeon/Pandora/Columbia/Focus Features

Com tantas opções de plataformas de streaming e vídeo por demanda (VOD, na sigla em inglês), a soma de gastos com as assinaturas começa a assustar os usuários. Mas e se você pudesse ver alguns bons filmes, com uns bons drinks, de graça? O Pluto TV vem para nos socorrer nesse sentido e nós aqui do Canaltech separamos algumas indicações do que assistir por lá.

Além do Pluto TV Ao Vivo, que traz uma programação para quem sente falta de uma grade capaz nos surpreender com um filme ou uma série que jamais veríamos se dependesse da nossa escolha, a plataforma traz também uma sessão On Demand, em que o usuário pode assistir ao título que quiser, a hora que quiser. E o melhor de tudo: sem uma assinatura.

Os filmes selecionados nesta lista não estão arranjados em ordem de qualidade e não são todos grandes blockbusters, porque estes são mais disputados pelas outras plataformas mais famosas. Ainda assim, o Pluto TV está longe de ter só o rebotalho do cinema e dispõe para os usuários bons, ótimos e excelentes títulos que ficam ainda melhores pela qualidade de acesso 0800.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Ah, e se você se interessar e quiser assistir logo a algum dos indicados, basta clicar no título para ser redirecionado diretamente para a página do filme lá no Pluto TV.

15. O Golpista do Ano

Baseado em um caso real, O Golista do Ano é muito mais que a simples biografia de um criminoso e extrapola para uma comédia romântica gay. No centro disso, as atuações hilárias e bastante sensíveis de Jim Carrey, Ewan McGregor, Leslie Mann e Rodrigo Santoro. O filme ainda tem uma paleta de cores bem viva, digna dos filmes indie mais populares dos últimos anos.

Escrito e dirigido por Glenn Ficarra e John Requa, ambos de This is Us, O Golpista do Ano acompanha a história de Steven Jay Russell (Carrey), um vigarista conhecido por aplicar inúmeros golpes para manter seu estilo de vida e, ainda além, fugir diversas vezes da prisão. Russell acabou condenado a um total de 144 anos de prisão e acabou em um regime prisional que lhe permite apenas uma hora por dia fora da cela, momento em que pode tomar um banho e fazer alguns exercícios.

14. Educação

Um dos filmes mais comentados de 2009, Educação ganhou ainda mais fama depois de ter sido indicado ao Oscar 2010 nas categorias de Melhor Filme, Melhor Atriz (Carey Mulligan) e Melhor Roteiro para Nick Hornby, responsável também pelos roteiros de Livre e Brooklyn, outros dois títulos que concorrem ao prêmio da Academia.

Embora o elenco conte ainda com Alfred Molina e Peter Sarsgaard, é Mulligan quem realmente rouba a cena e é o motivo para muitas pessoas terem gostado tanto de Educação. Dirigido por Lone Scherfig, Educação é um coming-of-age story, ou seja, um filme do subgênero "amadurecimento", cuja principal característica é falar sobre o que envolve crescer/envelhecer. No caso de Educação, trata-se da história ambientada no subúrbio do Londres dos anos 1960, onde uma adolescente tem sua vida mudada pela chegada de um homem mais rico e com quase o dobro da sua idade.

13. P.S. Eu te Amo

Em 2007, P.S. Eu te Amo foi incrivelmente comentado e indicado, mas sempre vinha acompanhado de um aviso: este é um filme triste (apesar de ser uma comédia romântica). Com um elenco maravilhoso, que inclui Hilary Swank, Gerard Butler, Lisa Kudrow e Kathy Bates, P.S. Eu te Amo já deixa claro que vai arrancar lágrimas quando explica, na sinopse, que se trata de uma história sobre uma viúva que encontra mensagens do seu marido que irão lhe guiar através do luto e rumo a uma nova vida.

Quem gostou de A Maldição da Mansão Bly já sabe que amar significa também ter que aguentar a dor da perda e, mesmo que pensemos nisso com muita racionalidade, filmes como P.S. Eu te Amo ainda são capazes de nos deixar chorando copiosamente. Então prepara a caixinha de lenços de papel e compra aquele sorvete de chocolate para comer usando uma colher de sopa, como se você estivesse em uma sitcom estadunidense, e se joga.

12. Cubo

Ainda que um pouco datado, Cubo não deve ter seu sucesso esquecido, até mesmo porque rendeu uma franquia que está prestes a ganhar seu quarto filme. Considerado um dos mais criativos filmes de terror e sci-fi da década de 1990, Cubo surpreende por ser um filme independente e de baixíssimo orçamento, e, mesmo assim, conseguir deixar os espectadores bastante apreensivos com o futuro dos personagens.

Dirigido por Vincenzo Natali, que depois faria também Splice - A Nova Espécie, Cubo acompanha seis estranhos que precisam passar por armadilhas mortais (ou evitá-las) com o intuito de saírem de um insano labirinto. Parece familiar? Claro que sim, porque essa é uma das referências de Jogos Mortais, lançado em 2004, seis anos após Cubo.

11. Amantes Eternos

Romance diferentão e cult para quem quer ver algo fora dos padrões. Ou para quem quer conhecer mais do trabalho de alguns atores do Universo Cinematográfico Marvel. Amantes Eternos é escrito e dirigido por Jim Jarmusch, o que significa que você pode amar ou odiar, como aconteceu com seu filme mais recente, Os Mortos Não Morrem.

O filme acompanha, sem pressa alguma, um romance entre vampiros que já dura séculos. A calmaria, no entanto, não dura muito com a chegada da incontrolável irmã de um deles. Além das imagens belíssimas criadas pela direção junto à fotografia e à direção de arte, o filme conta ainda com as espetaculares atuações de Tilda Swinton (Doutor Estranho), Tom Hiddleston (Loki), Mia Wasikowska (Alice no País das Maravilhas) e John Hurt (1984).

10. Gandhi

No Oscar de 1983, Gandhi levou as estatuetas das categorias de Melhor Filme, Melhor Ator (Ben Kingsley), Melhor Diretor, Melhor Roteiro Original, Melhor Fotografia, Melho Direção de Arte (Design de Produção), Melhor Figurino e Melhor Edição, além de ter sido indicado a mais três categorias. Tudo isso é apenas uma pequena indicação de que Gandhi é um dos melhores filmes do catálogo do Pluto TV e está lá: três horas e 11 minutos de entretenimento de qualidade. E de graça.

O épico biográfico da vida de Mahatma Gandhi pode ser uma ótima opção também para os nossos tempos, que necessitam muito de mensagens de paz. Mas não pense que esse é um filme livre de conflitos, já que a prática de resistência não-violenta proposta por Gandhi encontrou diversos percalços pelo caminho.

9. [REC]

Quem adora filmes de zumbis, sejam eles realistas ou cômicos trashs, pode encontrar bons momentos de medo e susto em [REC], um falso-documentário/found footage espanhol que, com um baixíssimo orçamento e muita criatividade, conseguiu criar um dos filmes de zumbi mais assustadores da história do terror. Guardadas as proporções, praticamente um Bruxa de Blair dos zumbis.

Com a ideia simples de uma repórter que vai cobrir o caso de uma estranha quarentena e acaba presa no foco inicial de um apocalipse zumbi, [REC] utiliza muito bem os recursos do found footage (obras que fazem de conta que são gravações reais encontradas após os eventos do filme), fazendo quase tudo parecer muito real. A repercussão desse terror foi tão boa, que [REC] ganhou três sequências e um remake estadunidense, Quarentena.

8. Gattaca, uma Experiência Genética

A única ficção científica da lista é um filme que teve grande repercussão nos anos 1990 e é meio desconhecida dos espectadores contemporâneos. Escrito e dirigido por Andrew Niccol, de O Senhor das Armas, A Hospedeira e Anon, Gattaca chama a atenção pela discussão ética que propõe quando conta a história de um homem "geneticamente inferior" que assume a identidade de um "homem superior" para realizar seu sonho de fazer uma viagem espacial.

O elenco também empolga com a presença de Ethan Hawke, Uma Thurman e Jude Law, que estão todos ótimos em seus papéis. Poucos anos depois de Gattaca, os espectadores ficaram impressionados com as possibilidades da ficção científica pós-Matrix, que realmente foi muito revolucuinário, mas Gattaca continua sendo também um espetáculo visual, tendo sido indicado inclusive ao Oscar de Melhor Direção de Arte (Design de Produção), ano em que ficou sem chances diante de Titanic.

7. Amor Fora Da Lei

Antes do excelente Sombras da Vida, a dupla Rooney Mara e Casey Affleck já havia dividido as telas como um casal em Amor Fora Da Lei, também de David Lowery (que está chegando em 2021 com o filme The Green Knight). Com uma química perfeita entre os atores e a belíssima sensibilidade de Lowery, Amor Fora da Lei é uma ótima mistura de drama, romance e crime.

A história de um homem que escapa da prisão e viaja de volta para casa para ver sua mulher e conhecer a sua filha parece bastante clichê, mas pode ter certeza que nas mãos de Lowery mesmo as atitudes mais banais ganham outras dimensões narrativas. Premiadíssimo em festivais de cinema independente, Amor Fora Da Lei é uma escolha interessante para quem quer ver um romance que foge da costumeira água com açúcar.

6. Street Fighter: Punho Assassino

Lançado como uma websérie, Street Fighter: Punho Assassino está no Pluto TV no formato de um filme com duas horas e 56 minutos. Embora as mais conhecidas experiências cinematográficas com Street Fighter tenham sido um grande fracasso, Punho Assassino teve uma excelente repercussão entre os fãs, sendo considerada a adaptação mais fiel já feita do jogo.

Com um amadorismo que funciona muito mais como tempero do que defeito, Street Fighter: Punho Assassino acompanha Ryu e Ken em sua época de treinamento, mas completamente ignorantes do fato de que são os últimos praticantes da arte marcial Ansatsuken.

5. Namorados para Sempre

Mais romance triste? Temos. Namorados Para Sempre também conquista logo de cara pelo elenco, com um casal que une Ryan Gosling e Michelle Williams, hoje muito mais reconhecidos que em 2010, quando o filme foi lançado. Mas não só de estrelas vive Namorados Para Sempre, que ainda conta com a direção de Derek Cianfrance, diretor de O Lugar Onde Tudo Termina (também com Gosling) e da série I Know This Much Is True.

Esse também é daqueles romances em que o que importa não está em algum grande acontecimento, mas no desenvolvimento dos personagens, pessoalmente e como um casal. A história acompanha a relação mapeando sua evolução ao longo de anos e cruzando períodos de tempo, entregando ao espectador não apenas as partes bonitas do amor, mas também aquelas partes que costumamos evitar.

4. Minhas Mães e Meu Pai

Um pouco drama, um pouco comédia, Minhas Mães e Meu Pai chamou a atenção em 2010 pela abordagem maravilhosa de temas LGBTQI+ em um contexto famialiar, daí o intrigante e convidativo título do filme (um dos casos em que a versão brasileira é mais interessante que o original, no caso The Kids Are All Right).

Dirigido por Lisa Cholodenko, que assina o roteiro ao lado de Stuart Blumberg, Minhas Mães e Meu Pai é muito mais cativante pelo elenco com Annette Bening, Julianne Moore, Mark Ruffalo, Mia Wasikowska e Josh Hutcherson. Sensível, leve, divertido e com doses cuidadosas de drama, o filme chegou a ser indicado ao Oscar 2011 nas categorias de Melhor Filme, Melhor Atriz, Melhor Ator Coadjuvante e Melhor Roteiro Original.

3. Hellraiser: Renascido do Inferno

O terror dos anos 1980 foi bastante marcado por Jason, Freddy Krueger e Michael Myers, mas diante de Hellraiser, esses eram os filmes Nutella. Para quem tinha interesse por narrativas menos maniqueístas e queria ver mais imagens bizarras, os cenobitas servem como um ícone muito melhor do terror oitentista. Nem bons, nem maus, apenas entidades, os cenobitas oferecem o máximo que poderíamos ter da mistura de prazer e dor, o que rendeu imagens muito gráficas para a época.

Com recursos incríveis, Hellraiser continua um belíssimo trabalho criativo até hoje, mesmo que os efeitos pareçam um pouco datados e beirem o trash para os olhos contemporâneos. Hellraiser é outra franquia que há muito merece um bom remake, mas acabou afetada por questões judiciais. A boa notícia é que os processos podem acabar em breve e, com isso, o mestre Clive Barker poderá nos presentear com a merecida atualização desse seu terror.

2. Blue Jasmine

Assim como muitos outros títulos dessa lista, Blue Jasmine é um filme que poderia ser sobre qualquer coisa e, mesmo assim, valeria a pena pela atuação da sempre impressionante Cate Blanchett, que está incrível ao interpretar uma socialite que, de uma hora para outra, se vê pobre e tendo que se adaptar à nova vida como uma “pessoa comum”.

Escrito e dirigido por Woody Allen, você pode esperar no mínimo piadas inteligentes e excelentes diálogos, uma das especialidades do diretor. O elenco conta ainda com a presença de Alec Baldwin, Peter Sarsgaard e Sally Hawkins que ajudam a criar a atmosfera em torno da personagem principal, deixando tudo ainda mais tragicômico.

1. Albert Nobbs

Mas a atuação mais impressionante da lista toda ficou para o primeiro lugar (será que, afinal, temos uma ordem qualitativa por aqui?). Glenn Close tem uma das interpretações mais impressionantes da sua carreira em um filme que não é dos melhores, o que significa que ela carrega praticamente todo o filme nas costas, tornando seu trabalho ainda mais impressionante.

No papel de uma mulher que precisa mentir sobre seu gênero para sobreviver, Albert Nobbs não apenas é uma sutil reflexão sobre gênero, como traz à tona discussões necessárias sobre o papel da mulher na história. Ambientado no século XIX, Albert Nobbs ainda é um deleite estético pelo trabalho de Direção de Arte e de figurino, que estão impecáveis e ajudam a construir a atmosfera em torno de Nobbs (Close).

Bônus: Séries Retrô

O Pluto TV também disponibiliza séries clássicas bastante difíceis de encontrar por aí para o deleite dos nerds. Além do canal ao vivo dedicado a Star Trek, o catálogo On Demand disponibiliza também títulos como Jeannie é um Gênio, A Feiticeira, Flash Gordon, Ilha da Fantasia, Batman - O Homem Morcego e Zumbis da Estratosfera. Corre lá para ver o catálogo completo!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.