Diretor da Apple se demite por discordar da volta ao trabalho presencial

Diretor da Apple se demite por discordar da volta ao trabalho presencial

Por Márcio Padrão | Editado por Claudio Yuge | 11 de Maio de 2022 às 12h45
Reprodução/Daniel L. Lu/Wikimedia Commons

O diretor de aprendizado de máquina da Apple, Ian Goodfellow, se demitiu do cargo após mais de quatro anos na empresa, de acordo com Zoë Schiffer, jornalista do portal The Verge. O motivo teria sido a volta das equipes da Apple ao trabalho presencial.

Goodfellow — que no passado foi um dos principais funcionários de inteligência artificial do Google — deu a notícia aos seus funcionários em um e-mail, em que também disse que não concordava com a política de volta ao presencial da Apple. A empresa exigiu que os profissionais trabalhassem no escritório pelo menos um dia por semana até 11 de abril, pelo menos dois dias por semana até 2 de maio, e pelo menos três dias por semana até 23 de maio.

Alguns funcionários de diversas big techs estão insatisfeitos com o plano de voltar ao trabalho pessoal após dois anos se acostumando com o modelo remoto, que surgiu como medida preventva de contágio contra a covid. "Acredito fortemente que mais flexibilidade teria sido a melhor política para minha equipe", disse Goodfellow no e-mail.

O CEO da Apple, Tim Cook, soube que funcionários estão insatisfeitos com a volta ao trabalho presencial (Imagem: Reprodução/Apple)

De acordo com o Macrumors, um grupo de funcionários disse o seguinte, em uma carta ao CEO da Apple, Tim Cook: "Sem a inclusividade que a flexibilidade traz, muitos de nós sentimos que temos que escolher entre uma combinação que inclui nossas famílias, nosso bem-estar e sermos capacitados para fazer nosso melhor trabalho, ou fazer parte da Apple. Esta é uma decisão que nenhum de nós toma de forma leve, e uma decisão que muitos preferem não ter que tomar."

Mais de 78,27% dos profissionais que atuam na área de tecnologia da informação (TI) preferem manter o trabalho remoto após a pandemia. A conclusão é de uma pesquisa da plataforma de recrutamento GeekHunter.

Fonte: Macrumors

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.