Parceria entre TOTVs e Mercado Livre dará acesso aos varejistas no marketplace

Por Rui Maciel | 17 de Agosto de 2020 às 14h15
Tudo sobre

Mercado Livre

Saiba tudo sobre Mercado Livre

Ver mais

A TOTVS anunciou nesta segunda-feira (17) a criação de uma parceria com o Mercado Livre, que permitirá aos varejistas disponibilizar de forma automatizada suas ofertas no marketplace, reforçando a estratégia de omnichannel da plataforma.

Com a parceria, clientes da solução TOTVS Omni by Moddo terão a possibilidade de oferecer seus estoques e comercializar seus produtos de forma mais simples, integrando dados entre as plataformas, com maior controle da entrda e saída de mercadorias e número de vendas. Além disso, os processos de cadastros entre os sistemas passam a ser totalmente integrados e automatizados. Assim, lojas físicas começam a atuar como centros de distribuição dentro da plataforma do Mercado Livre, podendo reduzir custos - como taxas de entrega - e envio de produtos de forma mais rápida aos clientes.

"Ficamos entusiasmados em apoiar plataformas como a da TOTVS, que fomentam pequenos e médios em nosso país", afirmou Fernando Yunes, Vice-Presidente Sr. do Mercado Livre no Brasil. "Com a parceria, avançamos também em nosso objetivo de ampliar o sortimento de produtos oferecidos no Mercado Livre e de seguir aprimorando a experiência de compra de nossos clientes, para que seja cada vez mais conveniente, rápida e acessível".

Parceria com a TOTVs permitirá que lojas físicas funcionem como centro de distribuição no Mercado Livre (Foto: divulgação)

O TOTVS Omni by Moddo não é uma exclusividade para clientes de sistemas da TOTVS. Ele pode ser contratado separadamente por qualquer varejista interessado na ferramenta e integrado-o ao seu sistema de preferência.

"Hoje, já é quase que impossível dizer que existem clientes de lojas virtuais e de lojas físicas apenas", declarou Elói Assis, diretor de varejo e distribuição da TOTVS. "Essa parceria promove e integra experiências, possibilitando que o cliente de TOTVS Omni by Moddo tenha a qualidade do Mercado Livre como seu canal de vendas, ao mesmo tempo em que ele passa a atuar como um centro de distribuição. Isso permite que o consumidor final ganhe em experiência de compra e tenha menores prazos e taxas de entrega".

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.