O que é pagamento por aproximação e como ele funciona

Por Felipe Freitas | 09 de Julho de 2020 às 13h50
Mercado Pago

O instantâneo, é uma característica marcante do avanço em tecnologias. As cartas evoluíram para as mensagens instantâneas, as fotografias reveladas evoluíram para as fotos com filtros no Instagram, mas ainda assim, pode demorar um dia inteiro para concluir um pagamento ou uma transferência eletrônica, às vezes até mais do que um dia, se o pagamento for realizado em um final de semana ou feriado bancário, aí então ele só concluíra sua jornada até o destinatário no próximo dia útil.

Dessa necessidade, surge a modalidade de pagamento instantâneo. Quer entender melhor como funcionam esses pagamentos? Confira nas próximas linhas nossa matéria completa.

O que é pagamento por aproximação

O sistema de pagamento instantâneo é um novo tipo de transação monetária. Comparado as transferências eletrônicas, os novos pagamentos permitem a transferência de dinheiro da conta bancária do pagador, para a conta do recebedor quase que imediatamente, ao invés de exigir alguns dias úteis. Durante a correria do dia-a-dia, todos os recursos de otimização de tempo são bem vindos, então a popularidade desse novo método, é bem justificável.

O pagamento instantâneo possuí uma premissa simples e a transação pode ser concluída em menos de 15 segundos, sem ser necessário o uso de dados como banco, agência, conta, ou até mesmo CPF. Tornando assim, a transferência entre pagador e recebedor mais prática e menos demorada.

A forma mais prática e segura de realizar seus pagamentos - (Captura:Canaltech)

Como usar o pagamento instantâneo?

Para usar o pagamento, tanto você quanto o recebedor precisam ter: uma conta com um prestador de serviço bancário, um celular e o aplicativo desse prestador instalado em seu dispositivo. Assim, os pagamentos devem acontecer através de tecnologias como QR code, aproximação de cartões entre outras.

QR code é um código de resposta rápida (Quick Response em inglês) este é formado por um código bidimensional, composto por um conjunto de quadrados pretos e brancos, que podem ser lidos por dispositivos com câmeras. São atualmente a nova tendência quando o assunto é transmissão rápida e prática de informações.

Na prática, essa troca de informações de contas bancárias acontece entre as entidades no momento da transferência. Por exemplo, um cliente que deseja pagar por suas compras em um supermercado, deverá abrir o aplicativo no celular para ler o código do estabelecimento. Então, será feito uma confirmação de identidade, que pode ser através de um PIN de segurança, reconhecimento facial ou leituras digitais, para o sistema verificar então a validade da operação e realizar a transferência instantaneamente.

Outro cliente, que deseja fazer um pagamento instantâneo por aproximação, basta habilitar a função a seu cartão pelo aplicativo e então o pagamento será confirmado com aproximação do cartão.

Quais são as vantagens dessa nova modalidade de pagamento?

Dê adeus ao preenchimento de formulários na hora das compras - (Captura: Canaltech)

Atualmente,os pagamentos instantâneos já existe em algumas plataformas prestadoras de serviço bancário como PicPay, Nubank, Mercado Pago, Bradesco Pay e o Iti do Itaú. Mas sua implementação, é uma tendência em ascensão devido a praticidade e baixo custo de implementação, considerando o custo da estrutura por trás das transferências convencionais TED e DOC.

Além disso, ao contrário das outras transferências, o pagamento instantâneo poderá ser realizado 24h por dia em qualquer dia do ano, sendo compensado em média de 3 segundos após ter sido realizado. e você? Já está utilizando a nova tecnologia de pagamentos?

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.