BC autoriza Shopee para operar como instituição de pagamento no Brasil

BC autoriza Shopee para operar como instituição de pagamento no Brasil

Por Márcio Padrão | Editado por Claudio Yuge | 03 de Maio de 2022 às 18h44
Divulgação/Shopee

O site de compras singapurense Shopee recebeu autorização do Banco Central (BC) para operar como instituição de pagamentos no Brasil. Segundo a Reuters, a autorização foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (2).

A nova operação vai se chamar oficialmente SHPP Brasil Instituição de Pagamento e Serviços de Pagamentos, controlada pela SHPP Brasil Participações. De acordo com a definição do BC, a empresa poderá "gerenciar conta de pagamento do tipo pré-paga, na qual os recursos devem ser depositados previamente".

A Shopee se tornou um dos aplicativos de comércio eletrônico mais baixados no Brasil, atraindo clientes de concorrentes locais para seu marketplace devido a seus baixos preços. A empresa é controlada pela Sea, com sede em Cingapura. Tanto a Sea quanto a operação brasileira da Shopee não responderam à Reuters para comentar o assunto.

Operação de pagamentos da Shopee vai se chamar SHPP Brasil Instituição de Pagamento e Serviços de Pagamentos (Imagem: Reprodução/Towfiqu Barbhuiya/Unsplash)

A novidade surge em um momento de queda da Sea no mundo. Em março, a Shopee encerrou suas operações na Índia. A empresa afirmou que a decisão veio como resposta à incerteza do mercado global. Já a Reuters afirmou que ela estava com fracas perspectivas de crescimento no mercado indiano, além da proibição do governo do país ao jogo Free Fire, pertencente à Sea Group.

No fim de abril, o Mercado Livre obteve mais valor de mercado que a Sea. De acordo com o Valor Econômico, a mudança ocorreu por conta da variação do valor das ações das duas empresas nos últimos meses. A empresa asiática perdeu quase 63% de seu valor desde janeiro, enquanto o Mercado Livre, mesmo passando por instabilidades e um ambiente global mais difícil para negócios, recuou apenas 23% no mesmo período.

Fonte: Reuters (via UOL)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.