SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Compras online de até R$ 300 poderão ser pagas no débito sem senha

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 18 de Maio de 2023 às 18h07

Link copiado!

rupixen/Pixabay
rupixen/Pixabay

Nessa quarta-feira (17), a Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços) divulgou um novo padrão para transações online com cartão de débito. Esse modelo possibilita que os clientes realizem compras de até R$ 300 em lojas online usando o débito sem precisar de senha ou biometria para autorizar.

Vale lembrar que antes da padronização pela Abecs, as empresas interessadas em aceitar transações online via cartão de débito precisavam estabelecer negociações individualmente com cada banco.

Transações de débito em alta

Continua após a publicidade

Mesmo antes da implementação do novo padrão, as transações de débito online já apresentavam crescimento. Conforme io relatório financeiro da Abecs referente ao primeiro trimestre de 2023, as transações realizadas com cartão de débito na Internet alcançaram a marca de R$ 2,5 bilhões, aumento de 2% em relação ao ano anterior, além de um total de 108 milhões de pagamentos — aumento de 13%.

Como usar e aderir

Para usufruir da novidade, é necessário que o estabelecimento seja previamente aprovado pelas bandeiras e cumpra uma série de critérios de elegibilidade. Os quesitos incluem histórico reduzido de fraudes e implementação da tecnologia de tokenização. De acordo com o presidente da Abecs, Marcelo Tangioni, alguns serviços como transporte, delivery e streaming poderão adotar o pagamento em débido.

Continua após a publicidade

No caso de transações que excedam o valor de R$ 300, a aprovação deve ser feita através da tecnologia 3DS das bandeiras de cartões. Além disso, outra vantagem da padronização é a capacidade de contestar uma transação, pois o método de pagamento possui um forte arcabouço de segurança.

As transações online com cartão de débito se somam a outras facilidades na internet. No iPhone, por exemplo, agora é mais fácil resolver problemas com pagamento.