DJI apresenta Mavic 3 com gravação em 5,1K e bateria para 46 minutos de voo

DJI apresenta Mavic 3 com gravação em 5,1K e bateria para 46 minutos de voo

Por Bruno Bertonzin | Editado por Wallace Moté | 05 de Novembro de 2021 às 09h05
Divulgação/DJI

Depois de muitos rumores e vazamentos, a DJI finalmente apresentou seu novo modelo de drone, o Mavic 3. O dispositivo chega ao mercado após vários rumores, mas ainda surpreende em alguns aspectos, principalmente em relação à sua câmera e bateria, que melhoraram bastante em relação à geração passada.

O DJI Mavic 3 conta com duas câmeras no total — uma lente principal de 20 MP e uma de zoom de 12 MP. A câmera principal conta com um obturador grande angular de 24 mm com um sensor Micro Four Thirds otimizado pela Hasselblad, com lente de abertura variável entre f/2.8 e f/11.

Essa câmera suporta gravação em 5,1K (5120 x 2700 pixels) a até 50 fps, DCI 4K (4096 x 2160 pixels) e 4K (3840 x 2160 pixels) e 1080p a 200 fps. Ele possui taxa de bits máximas de 200 Mbps em H.264 e 140 Mbps em H.265. A câmera ainda permite a captura de imagens em formato JPEG e DNG RAW.

Já a segunda câmera possui resolução de 12 MP e uma distância focal equivalente de 162 mm com uma lente fixa com abertura f/4.4 e um sensor de 1/2 polegada. Essa lente, no entanto, só permite a gravação de vídeo em 4K a 30 fps e permite a captura de fotos em JPEG.

Outro aspecto positivo do DJI Mavic 3 é sua bateria — o drone chega com capacidade de 5.000 mAh que permite uma autonomia para até 46 minutos de voo. Esse é um avanço considerável em relação à performance de até 34 minutos do Mavic 2 Pro ou 30 minutos no Mavic Air 2. A bateria do novo drone ainda possui suporte para carregamento de 65 W via USB-C direto no drone e pode ser facilmente substituída pelo usuário.

Já o seu sistema de transmissão OcuSync 3+ — ou simplesmente O3+ — permite um alcance de até 15 km em campo aberto ou 3 km em locais com bastante interferência, como cidades, desde que seja usado o controle RC Pro ou RC-N1.

Outra novidade são seus novos sensores de obstáculos, que são capazes de evitar melhor as colisões ao fazer uma varredura maior em todas as direções. Além disso, ele também é capaz de oferecer a raiz ideal para o controle remoto para fazer um retorno. Dessa forma, ele pode voar entre prédios ou árvores em vez de levantar a uma altitude pré determinada para retornar.

DJI Mavic 3 Cine

(Imagem: Divulgação/DJI)

Além da edição padrão, a marca chinesa também lançou uma versão com mais tecnologias embarcadas — o DJI Mavic 3 Cine. O drone tem basicamente as mesmas especificações do modelo comum: a mesma bateria, o mesmo conjunto de câmera e os mesmos sensores de voo.

No entanto, existem três diferenças importantes no hardware e nas tecnologias. O armazenamento, por exemplo, salta de 8 GB na edição comum para um SSD de 1 TB no Cine. Além disso, ele possui suporte para gravação ProRes 422 HQ da Apple e, por fim, ainda é acompanhado de um controlador DJI RC Pro, que amplia o alcance e facilidade de uso do drone.

Preço e disponibilidade

(Imagem: Divulgação/DJI)

O DJI Mavic 3 chega às lojas por 2.099 euros (cerca de R$ 13.560 em conversão direta) no kit que inclui apenas um controlador e 2.799 euros (R$ 18.083) para o combo Fly More, que inclui três baterias, um carregador, uma caixa de transporte e um conjunto de filtros ND - ND4/8/16/32. Já o DJI Mavic 3 Cine é disponibilizado no Combo Premium, que adiciona também o controle remoto DJI RC Pro e chega às lojas por 4.799 euros (R$ 31.004).

Os produtos já podem ser encontrados no mercado brasileiro em lojas parceiras da DJI, mas não há detalhes sobre o preço oficial em nosso país. Para mais detalhes, acesse a página oficial da marca neste link.

Fonte: GSMArena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.