Publicidade

Cursos grátis de tecnologia | Capacitação exclusiva para mulheres e negros

Por| Editado por Claudio Yuge | 24 de Abril de 2023 às 12h00

Link copiado!

Freepik/lookstudio
Freepik/lookstudio

Visando aumentar a diversidade no mercado tecnológico, empresas e instituições educacionais se uniram para fomentar a qualificação de grupos minoritários em tecnologia. Iniciativas como "Elas na Tech", do Grupo CCR, "Girls in Cloud", da dataRain, e ADAS, do "Se Candidate, Mulher!", por exemplo, oferecem oportunidades exclusivas para mulheres.

Já a Escola Nuvem e o Instituto Ser+ estão em busca de capacitar jovens em situação de vulnerabilidade social, enquanto o programa "Empreendedorismo Digital", do Mercado Livre e do Mercado Pago, oferece um curso exclusivo para jovens negros. Confira os cursos da semana no Canaltech, a seguir;

Continua após a publicidade

CCR e Junior Achievement

O Grupo CCR, em parceria com a Junior Achievement Brasil, anunciam o programa Elas na Tech, que visa aumentar a participação feminina no setor de tecnologia. São 2.200 vagas para o curso gratuito e on-line, que vai formar mulheres para cargos de programação em TI. As interessadas podem se inscrever até 30 de abril no site da Elas na Tech.

dataRain

A empresa dataRain, em parceria com a Amazon Web Services (AWS), anunciam o programa ‘Girls In Cloud’, que tem como objetivo diminuir a desigualdade de gênero no setor tecnológico. Os interessados podem se inscrever no processo seletivo via Gupy até o dia 3 de maio.

Continua após a publicidade

Serão 200 vagas disponíveis e a capacitação será 100% gratuita. Podem participar todas aquelas que se identificam como mulher (cis ou transgênero), maiores de 18 anos, residentes do Brasil e com o Ensino Médio Completo. Confira mais informações no site da Girls In Cloud.

DIO + iFood

O iFood, em parceria com a edtech DIO, está oferecendo 5 mil bolsas de estudo gratuitas através da plataforma Potência Tech. O bootcamp "Potência Tech Angular Developer - Powered by iFood", possui 75 horas de experiências educacionais em Angular, destinado para pessoas sem experiência, e oferece a iniciação ao pensamento computacional e os primeiros passos na programação em Angular, CSS, HTML e Javascript.

O programa é aberto para todas as pessoas que se interessarem, mas tem foco em alcançar grupos sub-representados e de baixa renda, visando potencializar o aprendizado e facilitar a conexão dos candidatos ao mercado de trabalho. Os interessados podem se cadastrar pela plataforma da DIO até o dia 30 de abril.

Continua após a publicidade

Escola da Nuvem

A Escola da Nuvem é uma organização sem fins lucrativos direcionada para a capacitação em nuvem para pessoas acima de 16 anos em situação de vulnerabilidade social. A iniciativa pretende formar cerca de 3 mil alunos até o fim do ano com o apoio da AWS a grandes empresas de cloud no Brasil.

Em seu segundo ciclo de cursos online e gratuitos, o programa abriu vagas para o processo seletivo das modalidades de Fundamentos AWS, Fundamentos Microsoft Azure, Azure Security Center e Microsoft 365. Os interessados têm até o dia 5 de maio para realizar as inscrições pelo site da Escola da Nuvem.

Escola de Pessoas

Continua após a publicidade

A Sólides, empresa tecnológica de Recursos Humanos (HR), lançou a Escola de Pessoas, sua plataforma de educação continuada em gestão de pessoas. Contando com mais de 150 horas de conteúdo gratuito, incluindo certificação, sobre diversos assuntos.

Dentre os principais, estão: “Passo a passo para o planejamento de RH”, “Como implementar um RH ágil na sua organização”, “Aprendendo a resolver problemas complexos”, “Regulamentação de LGPD”, e muito mais. Os interessados podem conferir mais cursos, tanto gratuitos quanto pagos, no site da Escola de Pessoas.

Instituto Ser+

Em parceria com o Instituto da Oportunidade Social (IOS), o Banco Santander e a Accenture, o Instituto Ser+ abriu 100 vagas para projetos de educação, visando a formação e geração de renda para jovens em situação de vulnerabilidade. São dois cursos, sendo um desenvolvido para a carreira tech e outro para o empreendedorismo social, confira:

Continua após a publicidade

New Start Accenture: A Accenture, em parceria com o Ser+, apresenta o programa New Start Accenture que tem como objetivo formar novos profissionais em tecnologia. A capacitação é 100% online e dispõe de benefícios para as participantes, além de uma bolsa de 50% na Universidade São Judas Tadeu, em São Paulo.

O curso possui 40 vagas direcionadas para mulheres a partir de 17 anos que estão estudando ou concluíram o ensino médio em escola pública e fortalecerá competências comportamentais e técnicas, como: resolução de problemas, raciocínio lógico, programação (front-end), entre outras linguagens. As interessadas podem se inscrever até o dia 28 de abril pelo site da New Start Accenture.

Protagonizá: Em parceria com o IOS e o Banco Santander, o projeto visa capacitar jovens profissionalmente na área de empreendedorismo social, com desenvolvimento de soft skills, cidadania, tecnologia da Informação e uma bolsa de 50% na Universidade São Judas Tadeu, em São Paulo.

O programa conta com vagas disponíveis para jovens vulneráveis de 16 a 22 anos, que residam na zona leste de São Paulo ou tenham fácil acesso à região da Mooca, e que estejam cursando ou concluído o ensino médio em escola pública. As inscrições ficam disponíveis até o dia 21 de abril e podem ser realizadas pelo site do Protagonizá.

Continua após a publicidade

Mercado Livre + Mercado Pago

O Mercado Livre e Mercado Pago se uniram para lançar um curso voltado a empreendedores negros no Brasil. O curso "Empreendedorismo Digital" tem as inscrições abertas ao longo de todo ano e é oferecido de maneira 100% gratuita e online. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas no site do curso.

Se Candidate, Mulher!

A startup Se Candidate, Mulher!, em parceria com o LayOffs Brasil, está com inscrições abertas para o programa ADAS. A iniciativa visa impulsionar a carreira de mulheres na tecnologia. As interessadas podem se inscrever gratuitamente pelo site da ADAS até o dia 23 de abril.

Continua após a publicidade

Para participar, as candidatas precisam ter Ensino Superior Completo ou cursos de qualificação nas áreas de UX/UI, Desenvolvimento Front End, Back End e Full Stack, QA e Produto ou áreas correlatas.

TQI + DIO

A empresa de inovação TQI, em parceria com a DIO, estão com vagas abertas para o Bootcamp TQI Kotlin - Backend Developer. Oferecendo 25 mil bolsas de estudo gratuitas, o programa prevê 112 horas de aprendizado para os inscritos, incluindo mentorias com o time de experts da TQI. Os interessados podem se inscrever pelo site do bootcamp.