John McAfee oferece US$ 100 mil a quem conseguir hackear sua carteira virtual

Por Eduardo Hayashi | 26 de Julho de 2018 às 12h41

Conhecido por sua excentricidade e opiniões polêmicas, John McAfee voltou a ser destaque nesta quinta-feira (26) ao desafiar qualquer um a hackear a sua conta no Bitfi Wallet, novo empreendimento de carteira virtual para armazenamento de criptomoedas do empresário bilionário. Segundo o maluco beleza da tecnologia, quem conseguir o feito será recompensado com US$ 100 mil.

No Twitter, McAfee explicou que resolveu lançar o desafio para acabar com o mito de que "qualquer coisa pode ser hackeada". Apresentado no mês passado, o Bitfi Wallet consiste em um dispositivo dedicado para o armazenamento seguro de criptomoedas e a realização de transações financeiras com moedas digitais.

For all you naysayers who claim that “nothing is unhackable” & who don’t believe that my Bitfi wallet is truly the world’s first unhackable device, a $100,000 bounty goes to anyone who can hack it. Money talks, bullshit walks. Details on https://t.co/ATFaxwUzQC

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"Para todos os defensores da ideia de que 'qualquer coisa pode ser hackeada' e que não acreditam que a minha carteira Bitfi seja verdadeiramente o primeiro dispositivo inviolável do mundo, uma recompensa de US$ 100 mil dólares será concedida a qualquer pessoa que conseguir invadi-lo", disse McAfee em tweet.

Entre os critérios para a participação do desafio, o site da Bitfi especifica que só receberão a recompensa aqueles que adquirem o dispositivo da carteira virtual, vendida a US$ 120, com o adicional equivalente a US$ 50 em criptomoedas pré-carregadas no aparelho. A recompensa será disponibilizada a quem conseguir "esvaziar" a carteira da conta-alvo.

A companhia também deixou claro que a campanha não tem o intuito de encontrar vulnerabilidades na Bitfi Wallet, uma vez que a própria empresa acredita que o dispositivo é realmente impossível de ser violado. No entanto, conforme explica as regras do desafio, todo o processo de invasão terá que ser divulgado para a companhia.

Informações gerais e regras detalhadas sobre o programa de recompensa podem ser conferidas no site oficial do desafio.

Fonte: TechRadar

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.