Gigabyte lança versões modificadas das placas GeForce RTX 3080 Ti e RTX 3070 Ti

Gigabyte lança versões modificadas das placas GeForce RTX 3080 Ti e RTX 3070 Ti

Por Felipe Junqueira | Editado por Wallace Moté | 04 de Junho de 2021 às 15h20
Divulgação/Gigabyte

A Gigabyte anunciou uma nova série de placas de vídeo personalizadas a partir das GPUs Nvidia. A companhia inclui alguns truques e recursos extras para garantir desempenho ainda maior nas marcas AORUS, Gaming OC, Vision OC e Eagle.

Os novos produtos são baseados nas placas GeForce RTX 3080 Ti e GeForce RTX 3070 Ti, e contam com resfriamento embutido para garantir alto desempenho por um período mais longo. A Gigabyte recomenda a série AORUS para entusiastas que buscam o melhor desempenho e imagens RGB vívidas, enquanto a Gaming OC é considerada a melhor opção para gamers. A Vision OC é voltada para criadores que querem estética elegante sem perder performance e a Eagle oferece design único.

A companhia ainda destacou a presença das versões com resfriamento líquido das AORUS Extreme, sendo uma delas com um sistema AIO, ou seja, traz a combinação do water block, radiador, tubos, ventoinhas e bomba em um só pacote. Todas as adaptações realizadas pela Gigabyte são homologadas pela NVIDIA.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Veja abaixo todos os detalhes sobre os modelos personalizados pela Gigabyte. Você também pode ver mais informações sobre as novas GeForce RTX 3080 Ti e RTX 3070 Ti, que foram anunciadas pela NVIDIA no início de junho, também na Computex.

Placas Aorus

GeForce RTX 3080 Ti versão Aorus Master (Imagem: Divulgação/Gigabyte)

O resfriamento MAX-Covered traz três lâminas em um design com formato de garra que ainda oferece giro alternado para garantir a passagem de ar por toda a região da placa. A Gigabyte diz ter aumentado o tamanho da área de dissipação comparado à geração anterior, além de trazer placa de cobre maior e sete heat-pipes compostos para dissipar o calor da GPU e VRAM mais rapidamente. Ainda há um sistema de dissipação para resfriar a tela.

A placa ainda tem um monitor LCD embutido na parte lateral, que pode ser usado em diversos modos, como texto ou GIF. A Gigabyte ainda possui um software que ajuda a criar efeitos de iluminação e muito mais, sempre com a possibilidade de sincronizar a luz com outros dispositivos Aorus.

Com relação aos produtos em si, o carro-chefe dos lançamentos é a Aorus GeForce RTX 3080 Ti Xtreme, que traz frequência de 1.875 MHz de GPU, um overclock de cerca de 10% em relação ao que é declarado pela NVIDIA. Já a Aorus Master baseada na mesma placa gráfica traz frequência de 1.770 MHz, ou seja, 6,3% mais alto que o padrão. Ambas são equipadas ainda com três conectores de oito pinos para alimentação, além de duas conexões DisplayPort 1.4, dois HDMI 2.1, além de um HDMI 2.0.

A terceira opção é a Aorus GeForce RTX 3070 Ti Master, mais acessível e com frequência também de 1.770 MHz, levemente ampliado em relação ao utilizado pela NVIDIA. Esta também possui duas conexões DisplayPort 1.4, dois HDMI 2.1, além de um HDMI 2.0, além de dois conectores de oito pinos e mais um de seis pinos para alimentação.

A gigabyte recomenda o uso de fontes de alimentação de 850 W no PC para utilizar as placas.

GPU Aorus também possui versões com refrigeração a água (Imagem: Divulgação/Gigabyte)

Além das três placas com refrigeração a ar, a Gigabyte anunciou mais duas Aorus com refrigeração líquida. A Gigabyte GeForce RTX 3080 Ti Aorus Xtreme Waterforce permite o uso de um sistema livre de manutenção com radiador externo de 240 mm, além de duas ventoinhas com rolamento duplo de 120 mm. A segunda versão só adiciona o WB ao final do nome, e é equipada com um water block, sendo portanto recomendada para quem está habituado a coletar LSS por conta própria.

Não foram compartilhadas mais informações sobre as duas placas com o sistema de refrigeração líquida.

Placas Gaming OC

GeForce RTX 3080 Ti na versão Gaming OC (Imagem: Divulgação/Gigabyte)

Com o sistema de resfriamento Windforce 3X da Gigabyte, as placas Gaming OC trazem três ventiladores blade exclusivos, com rotação alternada, uma placa de cobre grande encostada na GPU, tubos de calor de cobre composto e ventoinhas 3D ativas para dissipar o calor. O fluxo de ar é otimizado com o giro contrário do ventilador central, o que ajuda a manter a temperatura baixa para não prejudicar o desempenho.

Os ventiladores ainda utilizam nano lubrificante de grafeno, que, segundo a Gigabyte, pode estender a vida útil do componente em até 2,1 vezes, o que deixa próximo à vida útil do rolamento de esferas duplo. As placas também oferecem luzes com efeitos personalizáveis pelo usuário e sincronização com outros dispositivos Aorus.

As placas também possuem um overclock de fábrica, com processador gráfico ampliado para 1.710 MHz na GeForce RTX 3070 Ti e 1.875 MHz para a GeForce RTX 3080 Ti. As placas ainda trazem três conectores DisplayPort 1.4 e dois conectores HDM 2.1 e é recomendado o uso de fontes de alimentação de 750 W.

Placas Vision OC

Placa Vision OC oferece visual para quem busca PC com estética clara (Imagem: Divulgação/Gigabyte)

Voltadas para o criador de conteúdo, as placas Vision OC oferecem diferencial no quesito estético mais do que apenas na questão do desempenho. O componente tem as cores branco e prata, no lugar do tradicional preto e cinza de placas gamers, e por isso são indicadas para quem quer construir um PC todo branco. De resto, são as mesmas características técnicas da Gaming OC.

O aumento de potência é o mesmo do visto nas placas Aorus e Gaming OC, ou seja, 1.710 MHz na GeForce RTX 3070 Ti e 1.875 MHz para a GeForce RTX 3080 Ti. Além disso, ambos os modelos possuem três conectores DisplayPort 1.4 e dois conectores HDM 2.1 e a Gigabyte recomenda o uso com fontes de alimentação de 750 W.

Placas Eagle OC

A última série a ser descrita também conta com a tecnologia Windforce para refrigeração a ar, com características bastante parecidas com as já descritas na Gaming OC. O que muda na série Eagle é o design, inspirado na ficção científica, com capa transparente e logo brilhante. Há ainda uma luz RGB ao lado, com efeitos de luz fusion 2.0, sempre possíveis de sincronizar com dispositivos Aorus.

Nestas versões, o overclock é um pouco menor, subindo apenas cerca de 15 MHz em relação ao oferecido oficialmente pela NVIDIA na GeForce RTX 3080 Ti, que roda a 1.680 MHz na versão personalizada. Já a GeForce RTX 3070 Ti Eagle OC possui GPU declarada com 1.800 MHz, aumento de 30 MHz em relação ao nominal.

A série Eagle OC inclui três conectores DisplayPort 1.4 e dois conectores HDMI 2.1, e ainda oferecem potência adicional com dois conectores de oito pinos. Também é recomendado utilizar fontes de alimentação de 750 W.

Preço e disponibilidade

A Gigabyte não divulgou preço e disponibilidade das placas personalizadas. A companhia apenas promete garantia de quatro anos, desde que o consumidor faça um registro online até 30 dias após a compra.

Fonte: Gigabyte (via WCCFTech)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.