Tenet | Christopher Nolan está feliz com a bilheteria de lançamento na pandemia

Por Laísa Trojaike | 05 de Novembro de 2020 às 23h20
Warner Bros.

Enquanto as principais publicações tentavam decidir se Tenet flopou ou não no cinema, ou seja, se o filme acabou tendo um desempenho muito menor do que o esperado em termos de bilheteria, o diretor Christopher Nolan demonstrou estar contente com os resultados.

Em entrevista ao Los Angeles Times, o cineasta disse que a Warner Bros lançou Tenet e que ele está emocionado pelo fato de o filme ter feito quase US$ 350 milhões até o momento. Apesar de estar tranquilo com relação ao desempenho financeiro do filme, Nolan se disse preocupado com as lições que outros estúdios têm tirado disso que, enfim, foi um lançamento experimental.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Mas estou preocupado que os estúdios estejam tirando conclusões erradas do nosso lançamento — que em vez de ver onde o filme funcionou bem e como isso pode fornecer a receita tão necessária, eles estão olhando para os lugares que não corresponderam às expectativas pré-COVID e vão começar a usar isso como desculpa para fazer da exibição responsável por todas as perdas da pandemia em vez de entrar no jogo e se adaptar — ou reconstruir nosso negócio, em outras palavras.

John David Washington e Christopher Nolan no set de Tenet (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)

Quando questionado sobre o futuro, Nolan foi pontual e sensato ao dizer que “É uma pergunta difícil de responder” e explicou:

Se você está falando sobre a aceleração das tendências existentes, isso é algo que comecei a ler logo no início da pandemia. E ignora a realidade de que 2019 foi o maior ano da história para o cinema. Eles ganharam mais dinheiro. As contratações foram enormes. Então, para mim, é muito mais sobre: ​​Qual é a nova realidade em que estamos vivendo? A longo prazo, ir ao cinema faz parte da vida, como restaurantes e tudo mais. Mas agora, todo mundo tem que se adaptar a uma nova realidade.

Embora esteja muito longe dos US$ 836 milhões de A Origem e dos US$ 696 milhões de Interestelar, os US$ 350 milhões de Tenet já cobrem o custo de US$ 205 milhões do filme. Com isso, a mensagem de Nolan é interessante: muitos filmes estão tendo mais prejuízo com os adiamentos de datas de estreia do que teriam lançando o filme nos cinemas, mesmo que a bilheteria não seja estratosférica.

Fonte: The Wrap

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.