Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Conheça o controverso filme que inspirou o universo de Fallout

Por| Editado por Durval Ramos | 30 de Abril de 2024 às 19h05

Link copiado!

Reprodução/Bethesda, LQ/Jaf Productions
Reprodução/Bethesda, LQ/Jaf Productions

Fallout chegou ao Prime Video na forma de uma das melhores adaptações de um game para uma série, traduzindo muito bem a franquia da Bethesda para o mundo live action. Só que uma das maiores inspirações para os jogos veio exatamente do cinema, na forma de O Menino e o seu Cachorro, um controverso filme que mistura comédia, apocalipse nuclear e uma visão bem problemática sobre mulheres.

Considerado por muitos como um clássico cult, o filme foi lançado em 1975 e encontrou seu público ao longo dos anos, mas ficou conhecido por ter inspirado o diretor George Miller na criação do universo de Mad Max.

Continua após a publicidade

Outros filmes com temática pós-apocalíptica acabaram tendo o longa de ficção como base para a criação de seus universos. Já nos videogames, a história do longa influenciou o pessoal da Interplay e do Black Isle Studios na hora de criar elementos da franquia Fallout.

Em entrevista à The Escapist Mag, Tim Cain, um dos criadores de Fallout, e Jess Heinig, que trabalhou no desenvolvimento do primeiro jogo, confirmaram que O Menino e o seu Cachorro foi muito importante para o time na hora de criar a ambientação da saga, influenciando elementos como a ideia de comunidades de sobreviventes e mutantes que brilhavam.

Até mesmo a presença canina de Dogmeat, cachorro que acompanha o jogador no primeiro jogo e depois apareceu em Fallout 2, Fallout 3, Fallout 4 e também na série do Prime Video, veio diretamente do filme de 1975.

Sobre o que se trata O Menino e o seu Cachorro?

Baseado em um livro do autor Harlan Ellison, o mesmo do conto de ficção científica Não Tenho Boca e Preciso Gritar, O Menino e seu Cachorro mistura ficção e comédia para contar a história de um adolescente chamado Vic e seu cachorro chamado Blood, que tem poderes psíquicos. Eles se unem para sobreviver a uma versão pós-apocalíptica do sudeste dos Estados Unidos.

O filme, que se passa após uma guerra nuclear que devastou os Estados Unidos em 2024, é bastante problemático, já que Vic pensa apenas em comer e sexo, enquanto seu cachorro, Blood, que consegue se comunicar telepaticamente e odeia a humanidade, o ajuda a encontrar mulheres para abusar. Pois é.

Continua após a publicidade

Blood segue com Vic apenas porque acredita que precisa do adolescente para sobreviver. Juntos, eles encontram bunkers e uma variedade de figuras que tentam sobreviver à radiação e às condições cada vez mais precárias de alimentação e moradia.

Em seu lançamento, o filme estrelado por Don Johnson (Miami Vice) não teve sucesso nas bilheterias, sendo bastante criticado por sua misoginia. Mesmo assim, com o passar do tempo, as polêmicas foram sendo deixadas de lado e sua representação de um futuro devastado por guerras nucleares e seus efeitos nos sobreviventes passaram a ser elogiados. Por isso, não demorou para que o longa fosse apontado como um dos melhores filmes de ficção científica.

Continua após a publicidade

O Menino e o seu Cachorro quase ganhou uma sequência, que se chamaria Uma Menina e o seu Cachorro, mas o projeto foi eventualmente abandonado quando o cão que trabalhou no primeiro filme faleceu. Mesmo assim, em 2018, Harlan Ellison lançou o livro Blood's a Rover, que conta a história completa de Vic e Blood, apresentando Spike, a personagem que estrelaria a continuação, que se junta aos dois e se mostra bem mais capaz de sobreviver aos perigos pós-apocalípticos que a dupla.