Mulher-Maravilha 1984 | Diretora comenta estreia no streaming: "Não tinha opção"

Por Beatriz Vaccari | 10 de Dezembro de 2020 às 09h20
Warner
Tudo sobre

Warner Bros

Saiba tudo sobre Warner Bros

Ver mais

A decisão da WarnerMedia de lançar os filmes do estúdio simultaneamente nos cinemas e no HBO Max ganha mais um capítulo. Antes de a empresa divulgar a nova política de estreias, Mulher-Maravilha 1984 já havia sido confirmado para estrear no streaming ao lado dos cinemas, no dia 25 de dezembro.

A diretora do longa-metragem que dá sequência ao sucesso de 2017, Patty Jenkins, discutiu a decisão dos estúdios em uma entrevista a Jess Cagle para o canal SiriusXM Stars. No trecho divulgado na terça-feira (8), a cineasta declarou que "não havia uma boa opção" sobre o lançamento.

"Se você tivesse me dito há um ano que iríamos direto para o streaming de qualquer maneira, eu teria pirado", disse Jenkins ao lado de outras estrelas do filme que participavam da entrevista, como Gal Gadot, Kristen Wiig e Pedro Pascal. "Eu não sou a favor dessa decisão de um modo geral, eu sempre defendi os lançamentos nos cinemas e terei a mesma opinião assim que isso [o período pandêmico] acabar."

Mulher-Maravilha 1984 dá sequência ao sucesso da heroína de 2017 (Imagem: Divulgação / Warner Bros.)

"De qualquer forma, esse ano é muito doido, é como se todos nós estivéssemos tentando descobrir como fazer tudo da melhor maneira possível", continuou a diretora. "Então eu continuo dizendo que não há uma boa opção. Como quando falávamos sobre isso, não havia uma boa opção. Afinal, esperaríamos até quando? E então todos os filmes do mundo seriam lançados ao mesmo tempo. Não havia uma boa opção".

A diretora ainda detalhou como foi sua reação quando a decisão de lançamento no streaming chegou ao seu conhecimento. "Eu literalmente engasguei quando essa ideia chegou a mim e na data que foi definida, bem no Natal. Até eu que participei da aprovação do filme quero assisti-lo logo como uma forma de escapar, então algo pareceu certo na hora."

"É realmente incrível poder compartilhar esse filme agora", finalizou Jenkins. "É o timing perfeito".

Gal Gadot dá vida à Mulher-Maravilha na sequência (Imagem: Divulgação / Warner Bros.)

Outra novidade é que Mulher-Maravilha 1984 chegará em altíssima qualidade aos fãs da super-heroína, sendo o primeiro filme do HBO Max em 4K HDR.

O HBO Max chegou aos assinantes estrangeiros em maio deste ano, oferecendo um catálogo completo com todas as produções da DC Comics e da Warner Bros, além de adquirir com exclusividade algumas séries de muito sucesso e adoradas pelo público até hoje, como Um Maluco no Pedaço e Friends.

No Brasil, ainda não há uma data exata para o lançamento do serviço de streaming e nem uma faixa de preço estimada para sua assinatura. É esperado que o público brasileiro tenha alguma informação no primeiro trimestre de 2021.

Fonte: DEADLINE

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.