Publicidade

Brás Cubas | Onde assistir à adaptação do clássico de Machado de Assis?

Por| Editado por Durval Ramos | 22 de Maio de 2024 às 10h35

Link copiado!

 Brás Filmes
Brás Filmes

Memórias Póstumas de Brás Cubas, livro do escritor Machado de Assis, é um dos grandes clássicos da literatura brasileira. Lançada em 1881, a obra ganhou diversas adaptações ao longo das décadas, mas uma especial chama a atenção do público. Isso porque o filme de 2001 estrelado por Reginaldo Faria (O Clone) é uma dos poucos títulos baseados no trabalho do escritor brasileiro a estar disponível atualmente nas plataformas de streaming

O longa dirigido e roteirizado por André Klotzel (Reflexões de um Liquidificador) é uma das versões mais conhecidas da obra e está disponível no Prime Video para todos os assinantes. Além disso, ele também pode ser alugado ou comprado na Apple TV+.

Continua após a publicidade

O filme adapta muito bem o texto de Machado de Assis, trazendo o protagonista Brás Cubas como esse defunto-autor — ou, no caso, narrador. Morto em 1869, ele conta suas histórias para o público enquanto tenta se distrair na eternidade. Assim, ele relembra sua amizade com Quincas Borba (Marcos Caruso), sua graduação em Portugal, as mulheres que passaram por sua vida e, ainda, o privilégio de ter sido um homem rico e nunca ter precisado trabalhar. E tudo isso mantendo o tom satírico do livro original.

Além de Faria e Caruso, Memórias Póstumas de Brás Cubas ainda conta com outro grande nome do cinema brasileiro. A atriz Sônia Braga (Bacurau) faz parte do elenco ao interpretar a personagem Marcela, a cortesã que o amou "durante quinze minutos e onze contos de réis; nada menos", como o próprio Brás Cubas a descreve. O longa ainda tem Stepan Nercessian (Chacrinha: O Velho Guerreiro), Otávio Muller (Alemão) e Débora Duboc (A Menina que Matou os Pais) no elenco.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

O sucesso de Brás Cubas

Apesar de ter sido escrito no século 19, o livro de Machado de Assis tem uma linguagem simples e fácil de ler, que mescla ao mesmo tempo o absurdo com a realidade e traz um tom bastante ácido e irônico que o difere de muito daquilo que era publicado na época. Considerado por muitos estudiosos como a obra que introduziu o Realismo na literatura brasileira, Memórias Póstumas de Brás Cubas se tornou um dos grandes ícones da literatura nacional, sendo constantemente descoberta tanto pelo público tupiniqueim quanto por leitores de outros países.

Recentemente, o livro se tornou um dos mais vendidos na Amazon dos Estados Unidos. Isso aconteceu depois que a influenciadora Courtney Henning Novak, que tem cerca de 25 mil seguidores, comentou sobre a obra em sua conta no TikTok. No vídeo, ela fala:

Continua após a publicidade
“Eu tenho três grandes problemas com esse livro. Primeiro, a minha edição só tem 300 páginas. Só faltam 100 páginas para mim, e se eu for muito cuidadosa elas vão durar até o fim de semana. E aí o quê? O que eu deveria fazer com o resto da minha vida? […] Eu acho que é meu novo livro preferido”

Isso fez com que a publicação fosse uma das mais procurada e desbancasse obras como O Amor nos Tempos do Cólera, de Gabriel Garcia Márquez, e fizesse muita gente (incluindo brasileiros) se voltassem para a obra de Machado de Assis para provar que ela segue atemporal.