Publicidade

Five Nights at Freddy's | Qual a classificação indicativa do filme no Brasil?

Por| 25 de Outubro de 2023 às 09h56

Link copiado!

Universal Pictures
Universal Pictures

Five Nights At Freddy’s – O Pesadelo Sem Fim chega aos cinemas com o desafio de repetir nas telonas a popularidade que a franquia tem nos videogames. A série de terror é um fenômeno online, tanto pelo visual macabro dos animatrônicos possuídos quanto pelos sustos que o encontro com esses bonecos oferece. Só que, mais do que isso, é o apelo entre os adolescentes e jovens que tornou o jogo tão famoso — o que levanta uma dúvida bastante pertinente sobre a classificação etária do filme.

Tradicionalmente, nos acostumamos a ver filmes de terror como obras voltadas para um público adulto. Seja pelo clima sombrio e pesado da história quanto pela própria violência das mortes que sempre permeiam esse tipo de história, o fato é que o gênero quase nunca foi voltado para uma audiência mais jovem. Só que FNAF parece ser uma exceção a essa regra.

Continua após a publicidade

Por saber do sucesso da franquia com essa faixa etária mais jovem, a Universal Pictures e produtores de Five Nights At Freddy’s – O Pesadelo Sem Fim tomaram todo o cuidado necessário para manter o terror brando o suficiente para continuar fiel aos jogos, mas sem correr o risco de torná-lo apenas para maiores. Assim, se você é adolescente ou pai de um, pode ficar tranquilo e comprar o ingresso.

FNAF é para adolescentes no Brasil?

De acordo com Portal Classind, ligado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública e responsável pela classificação de todo tipo de obra no país, Five Nights At Freddy’s – O Pesadelo Sem Fim é indicado para maiores de 14 anos — ou seja, abrangendo boa parte do público-alvo pretendido pelo estúdio e que também consome os videogames.

Na descrição feita pelo órgão governamental, essa classificação se dá porque o filme traz elementos de medo e violência que são melhor assimilados a partir dessa idade. No documento que descreve o porquê da decisão, é apresentado que há algumas cenas de morte, mas que a composição das cenas e o contexto fantasioso ajudam a atenuar a situação e a tirar o peso desses momentos.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Five Nights nos EUA

Vale pontuar que essa é uma classificação bem parecida daquela que o longa recebeu nos Estados Unidos, onde foi considerado indicado para maiores de 13 anos — o famoso selo PG-13. E, de acordo com a diretora Emma Tammi, essa era a ideia do projeto desde o início.

Continua após a publicidade

Em entrevista ao site Inverse, Emma Tammi disse que a ideia era mesmo se manter dentro dessa classificação, mas sem abrir mão dos elementos de terror que os fãs conhecem dos videogames. Por isso, segundo ela, o roteiro e a própria equipe de cinematografia foi ao limite do que o PG-13 permite. “Isso significa que as mortes precisaram ser executadas de uma determinada maneira”, explica.

E isso não significa que a diretora se sentiu limitada ou coisa parecida. Pelo contrário, ela disse ter sido muito divertido encontrar maneiras criativas de mostrar esses momentos assustadores sem ter que apelar para a violência gráfica que o terror tradicional utiliza. “Em alguns casos, recorremos a sombras, silhuetas e design de som para realmente sentir o momento de uma forma impactante, sem mostrar uma gota de sangue”.

Five Nights At Freddy’s – O Pesadelo Sem Fim chega aos cinemas brasileiros no dia 26 de outubro.