Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Vídeo mostra golfinhos desarmando armadilhas e roubando iscas

Por| Editado por Luciana Zaramela | 22 de Novembro de 2023 às 18h04

Link copiado!

 imagesourcecurated/envato
imagesourcecurated/envato

Sem dúvidas, os golfinhos estão entre os animais mais inteligentes do planeta, juntamente com as orcas. Na costa da Austrália, mais especificamente no entorno da cidade de Bunbury, esses mamíferos dão, mais uma vez, uma prova da sua elevada capacidade cognitiva, enquanto desarmam armadilhas feitas para a pesca de caranguejos e roubam as iscas — “suculentos” peixes mortos. Toda a ação coordenada da “quadrilha” foi filmada com câmeras subaquáticas.

Nas imagens, é possível observar os golfinhos-nariz-de-garrafa (Tursiops truncatus) literalmente roubando as iscas, projetadas para a captura de caranguejos. Antes da descoberta, os pescadores locais chegaram a ficar intrigados com o misterioso sumiço dos peixes.

A seguir, veja os golfinhos em ação, no vídeo produzido por biólogos e pesquisadores do Dolphin Discovery Center em Bunbury:

Continua após a publicidade

Golfinhos roubando iscas

É preciso dizer que os cientistas vivem flagrando os golfinhos em atividades estranhas Por exemplo, estes mamíferos já foram vistos usando corais para fazer um tipo de skin care. Também se sabe que são excelentes caçadores, capazes de atacar até atacar cobras-marinhas venenosas. Só que esta é a primeira vez que são flagrados desarmando armadilhas complexas.

Para a pesca de caranguejos, os pescadores costumam usar uma espécie de gaiola, feita com rede de pesca — um material resistente e perigoso para os animais marinhos —, onde uma isca (peixe) é fixada em sua base. Quando o crustáceo pensa que ganhou um "lanchinho" fácil, ele descobre que, na verdade, acabou capturado.

Continua após a publicidade

Embora os golfinhos sejam inteligentes, há o risco deles ficarem presos no emaranhado de redes ou ainda se ferirem. Inclusive, foi este potencial risco que despertou o interesse do conservacionista Rodney Peterson em iniciar o projeto de pesquisa.

Após dois anos de visitas de campo e inúmeras horas de gravações subaquáticas, os pesquisadores descobriram, no final, que os golfinhos são exímios “ladrões” de iscas. Afinal, eles sabem manusear muito bem os longos focinhos, mandíbulas e dentes para puxar a isca das armadilhas. Quando necessário, também conseguem abrir caixas que escondem os peixes mortos.

Confira mais imagens desses golfinhos especialistas em furtos:

Continua após a publicidade

Entendendo o comportamento animal

Depois dessa história, é natural pensar que os golfinhos estão roubando as iscas para matar a fome. Só que isso não é necessariamente verdade, segundo os pesquisadores. Para Alex Grossman, um dos integrantes do projeto, o comportamento está mais conectado com “diversão” e “conveniência”. Tanto é que os peixes roubados das armadilhas não são os mais nutritivos que eles poderiam obter na Baía de Koombana.

É curioso também pensar que, pelas imagens, é possível observar que dois espécimes parecem coordenar a maioria dos ataques: uma mãe e seu filhote, conhecidos como Calypso e Reggae. Isso só reforça a complexidade do comportamento.

Continua após a publicidade

Para impedir que os golfinhos se tornem inimigos dos pescadores locais, os cientistas estão testando novos métodos para tornar as armadilhas mais resistentes, o que envolve o uso de materiais mais resistentes. Enquanto os mamíferos não bolam uma nova solução, a estratégia tem funcionado.