Crânio de dinossauro carnívoro e amedrontador é encontrado na Argentina

Por Natalie Rosa | Editado por Patrícia Gnipper | 07 de Abril de 2021 às 14h20
Jorge Blanco/Journal of Vertebrate Paleontolog/Reuters

Cientistas encontraram, no sul da Argentina, o crânio de um dinossauro carnívoro chamado Llukalkan aliocranianus, que foi classificado no idioma local como "aquele que causa medo". Gigante, a criatura contava com cerca de cinco metros de comprimento, tinha chifres na cabeça e viveu aqui na América do Sul há 85 milhões de anos, durante o período Cretáceo, a última era antes da extinção.

De acordo com o estudo da descoberta, que foi publicado na revista científica Journal of Vertebrate Palontology, assim como o famoso e também temido Tiranossauro rex, o Llukalkan aliocranianus tinha braços muito curtos e andava sobre duas pernas. Com um crânio grande e mordida forte, o dinossauro pode estar na categoria dos predadores mais temíveis que já pisaram na Terra. 

Imagem: Reprodução/Journal of Vertebrate Paleontology

A descoberta indica ainda que a criatura contava com uma audição mais apurada do que outros dinossauros que pertencem à família Abelisauridae, sendo um caçador mais poderoso. Ao lado do crânio do Llukalkan aliocranianus, os pesquisadores encontraram fósseis de um outro dinossauro, também carnívoro e ainda maior, chamado Viavenator exxoni. Federico Gianechini, paleontólogo e um dos responsáveis do estudo, conta que ambas as criaturas provavelmente compartilhavam o mesmo nicho ecológico e se alimentariam das mesmas presas, talvez competindo entre si e um se tornando o alimento do outro.

Imagem: Reprodução/Journal of Vertebrate Paleontology

O estudo sobre a descoberta do crânio do Llukalkan aliocranianus está disponível para consulta online

Fonte: BBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.