5 tubarões tão assustadores que vão te fazer gelar a espinha

5 tubarões tão assustadores que vão te fazer gelar a espinha

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 02 de Novembro de 2021 às 09h30
joebelanger/envato

Apesar de fascinante, a natureza pode ser assustadora, principalmente quando o assunto é a vida nos oceanos. Já conhecemos alguns animais bizarros que moram nas profundezas dos oceanos, mas quando o assunto é tubarão, o buraco é mais embaixo. Naturalmente assustador, esse animal já protagonizou diversos filmes de terror. Mas acredite: existem espécies que se destacam ainda mais por sua estranheza, fazendo gelar a espinha. Conheça algumas delas!

Tubarão-chifre

(Imagem: joebelanger/envato)

O tubarão-chifre (Heterodontus francisci) dificilmente é visto, uma vez que vive oculto em fendas de rochas, saindo apenas à noite, para caçar. Costuma utilizar suas nadadeiras para rastejar ao longo da rocha em vez de nadar, e se alimenta principalmente de moluscos e equinodermos, como ouriços-do-mar. O animal também se destaca por seus espinhos afiados, que se projetam das barbatanas, ajudando a protegê-lo de predadores.

Tubarão-baleia

(Imagem: Mint_Images)

O tubarão-baleia (Rhincodon typus) é o maior peixe vivo e, de longe, o maior vertebrado não mamífero existente, chegando a um comprimento de 12,65 m e um peso de cerca de 21,5 toneladas. O animal costuma ser encontrado em águas oceânicas tropicais e raramente é visto em águas cuja temperatura seja inferior a 21 ºC. Estimativas sugerem uma vida útil de cerca de 70 anos. Quanto a suas características, esse tubarão se destaca pelo tamanho de sua boca. Ele se alimenta quase que exclusivamente de plâncton e geralmente não representa uma ameaça para os seres humanos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Tubarão-leopardo

(Imagem: David Clode/Unsplash)

Verdadeiro inimigo de quem tem tripofobia, o tubarão-leopardo conta com um comprimento que varia de 1,2 a 1,5 m, e se destaca dos demais pelo seu distinto padrão de marcas e manchas ao longo da região dorsal. É encontrado na costa norte-americana do Pacífico, em geral nadando sobre zonas planas arenosas ou lodosas ou áreas rochosas próximas de bosques e recifes. Costuma ficar próximo da costa, em águas com menos de 4 m de profundidade.

Tubarão-fantasma

O tubarão-fantasma (Hydrolagus trolli) tem esse nome por seu aspecto diferenciado e quase cadavérico. É encontrado normalmente nas profundezas do oceano, a cerca de 1.640 metros de profundidade. A espécie pode ser vista em Nova Caledônia, Nova Zelândia e África do Sul. Esse animal possui placas de cartilagem no corpo e é diferenciado das outras espécies por possuir um pênis retrátil na testa.

Tubarão-enguia

Que tal um tubarão com 300 dentes? Prazer, tubarão-enguia (Chlamydoselachus anguineus). O animal possui 1,5 metro de comprimento e usa seus dentes afiados para apanhar peixes, lulas e até mesmo outros tubarões com o dobro do seu tamanho. O tubarão-enguia vive nas profundezas dos mares (entre 20 a 1.500 metros abaixo da superfície), nos oceanos Atlântico e Pacífico.

Fonte: Phys.org, Monterey Bay Aquarium, via Live Science

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.