Philips Hue lança produtos de iluminação inteligente no Brasil

Por Nathan Vieira | 05 de Novembro de 2019 às 23h40

Nesta terça (5), a Signify, empresa mundial de iluminação, anunciou o lançamento no Brasil do portfólio do sistema de iluminação doméstica inteligente Philips Hue. Trata-se de um sistema pessoal de iluminação sem fios que permite a personalização fácil da iluminação, com mais de 16 milhões de cores.

“Estamos comprometidos em tornar a iluminação conectada mais acessível e queremos oferecer mais opções quando se trata de conectividade, controle, ambiente e estética da luz”, afirma Sérgio Costa, CEO e gerente geral da Signify no Brasil. A receita no mercado mundial de casas conectadas já registra mais de 69 milhões de dólares em 2019, e é previsto que o mercado cresça 22% ao ano. Cerca de 50% dos consumidores sentem que a tecnologia de casa inteligente terá um impacto em suas vidas nos próximos anos.

O portfólio lançado do sistema Philips Hue no mercado brasileiro é: Starter Kit Philips Hue, o kit inicial de lâmpadas Philips Hue, que inclui três lâmpadas inteligentes coloridas E27 e a Ponte Hue, disponíveis nas versões 127V e 220V; e Lâmpada inteligente Philips Hue, disponível nas versões 127V e 220V e que pode ser utilizada sem a necessidade da Hue Bridge, sendo acionada via Bluetooth.

Além disso, podem ser agregados ao kit inicial os seguintes itens que aumentam as possibilidades de iluminação: Fita LED, disponível em duas versões, uma com 2 metros de comprimento e outra sendo uma extensão com 1 metro de comprimento, ambas na versão bivolt, que permite flexibilidade na instalação com fácil fixação; e Philips Hue Dimmer Switch, uma opção para controlar a iluminação além do aplicativo, e opera por bateria.

O sistema Philips Hue permite a conexão com mais de 750 aplicativos desenvolvidos por terceiros, chamados Friends of Hue. O sistema conectado pode ser usado com todas as principais plataformas domésticas inteligentes, incluindo speakers Echo da Amazon e a assistente Alexa, Google Home, HomeKit da Apple e o hub SmartThings da Samsung, com sincronização da iluminação com músicas, jogos e filmes.

O sistema inteligente pode ser programado para despertar o usuário em horários específicos com a dimerização da luz mais confortável para as manhãs, e oferece maior sensação de segurança aos usuários ao permitir que simulem sua presença em casa ligando e desligando a iluminação remotamente. Os usuários também podem definir horários para iluminar ambientes individuais ou para toda a casa, simulando com a iluminação os momentos em que geralmente voltam para casa ou vão se deitar.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.