General Motors apresenta novo sistema operacional para carros baseado em Linux

General Motors apresenta novo sistema operacional para carros baseado em Linux

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 01 de Outubro de 2021 às 14h50
Felipe Ribeiro/ Canaltech

A General Motors deu um importante passo para tornar seus carros mais conectados e inteligentes. A montadora anunciou a criação do Ultifi, um sistema operacional veicular feito com base no Linux e que dará aos automóveis mais capacidades digitais para conexão com a internet, relacionamento direto o usuário e interligação com ecossistemas de mobilidade.

Com o Ultifi, os donos de carros da GM terão inúmeras facilidades, como a possibilidade de baixar aplicativos para o uso dentro do automóvel, liberação de recursos e opcionais para o veículo, como maior capacidade de alcance da bateria, desbloqueio de funções de direção autônoma e até mesmo algumas melhorias mecânicas que podem ser feitas por meio de atualização over the air.

A funcionalidade do Ultifi se baseia na Plataforma de Inteligência Veicular (VIP), a arquitetura elétrica avançada da GM. Os veículos habilitados para a VIP hoje fornecem capacidade de atualização remota, maior armazenamento de dados, segurança cibernética robusta e poder de processamento extremamente rápido. Além disso, os engenheiros da montadora compartilharão o software-mãe em uma nova camada centralizada que atua como um poderoso eixo para os sistemas de veículos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Carros da Chevrolet serão mais conectados e "pessoais" (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

"A GM tem décadas de experiência em desenvolvimento de softwares veiculares, o que nos garantiu uma base sólida para este momento de evolução. Agora, com o Ultifi, poderemos melhorar nossos softwares de maneira contínua e oferecer novos recursos e aplicativos aos clientes em tempo recorde", disse Mark Reuss, presidente global da General Motors, em comunicado oficial. 

Semelhante ao funcionamento de um smartphone, os clientes poderão realizar atualizações periódicas e escolher entre diversas atualizações remotas, opções de personalização e aplicativos em uma loja exclusiva. Segundo a GM, esta personalização transformará a experiência de ter um carro, pois os veículos habilitados terão acesso aos softwares e recursos mais recentes. Um exemplo prático é de que algumas dessas atualizações e configurações podem ser salvas em contas autenticadas e utilizadas em diversos veículos da montadora que o usuário possa ter.

Tudo aberto

Embora o Ultifi seja uma plataforma interna, ele está sendo projetado para desenvolvedores externos. A GM avisa que a base do sistema é o Linux, o que permite à empresa dar aos desenvolvedores autorização de acesso para inovar em nome de seus clientes. Por exemplo: se alguma empresa quiser desenvolver aplicativos para os carros da montadora, terá toda a base de software disponível.

A expectativa da General Motors é que os primeiros carros com o Ultifi começem a aparecer em 2023.

Fonte: General Motors

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.