Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Ford Mustang Mach-E | Vimos de perto o SUV elétrico que pode vir ao Brasil

Por| Editado por Jones Oliveira | 11 de Agosto de 2022 às 12h00

Link copiado!

Felipe Ribeiro/ Canaltech
Felipe Ribeiro/ Canaltech

A estratégia da Ford foi ousada. Seu primeiro carro elétrico trouxe o nome do seu modelo mais famoso em todos os tempos: o Mustang. E, para isso, o Ford Mustang Mach-E precisou ser cuidadosamente tratado para que, mesmo com uma enorme quebra de paradigmas — afinal, além de elétrico, ele é um SUV — ele conseguisse honrar a tradição do muscle car preferido dos americanos.

De perto, o Ford Mustang Mach-E impõe respeito e mostra que a montadora acertou em tudo o que se propôs a fazer por aqui. Na visita do Canaltech ao campo de testes da Ford em Tatuí/SP, pudemos ver de perto que o tratamento dado pela marca ao produto foi espetacular, trazendo luxo, estilo, memória afetiva e, claro, muita tecnologia.

"Foi uma quebra total de paradigmas. Além de ser um Mustang, é um SUV. Então não poderíamos errar com esse produto. Hoje ele é um tremendo sucesso nos Estados Unidos e estamos estudando sua vinda ao Brasil. Mas isso, claro, depende de uma série de fatores", disse Rogelio Golfarb, vice-presidente da Ford América do Sul, em entrevista ao Canaltech.

Continua após a publicidade

O processo para trazer o Mustang Mach-E ao Brasil está em curso, mas ainda carece de confirmações mais firmes por parte da Ford. Segundo explicou Golfarb, para trazer um carro desse nível ao país, não basta apenas mover o produto em um barco e simplesmente vendê-lo por aqui, mas também garantir que todo o ecossistema de conectividade possa funcionar para que a experiência com ele seja completa.

"O consumidor que quer um Mustang Mach-E não quer somente um carro elétrico. Quer uma experiência completa com um produto altamente tecnológico, divertido e que te atenda plenamente, sobretudo dentro de um plano de conectividade que oferecemos em seu mercado de origem", explicou.

Continua após a publicidade

Além disso, o carro passa por testes de rodagem e deve passar por alguns ajustes para se adaptar às nossas peculiaridades. Portanto, mesmo sem confirmar, a Ford trabalha sim com o Mustang Mach-E. Estamos esfregando as mãos.

Como é o Ford Mustang Mach-E?

O Ford Mustang Mach-E é um SUV elétrico posicionado com um carro premium dentro da gama da Ford. E para honrar a fama do seu irmão a combustão, ele é munido de opções de motorização que lhe dão muita potência e agilidade, como um verdadeiro esportivo, mas, claro, amigo do meio ambiente.

A versão que presenciamos no campo de testes da Ford é a GT, que tem 487cv, 87,6 kgf/m de torque imediato e 0 a 100 kmk/h em 3,5 segundos, uma verdadeira bala e números compatíveis com sua versão a combustão à venda no Brasil atualmente, a Mach 1. A autonomia é de 420km no ciclo EPA (usado nos EUA).

Continua após a publicidade

Na aparência, tudo lembra o velho Mustang, com inúmeras referências nas linhas, conjunto óptico e, claro no emblema do carro. Não há uma logomarca da Ford em todo o veículo. Nas lanternas traseiras, o desenho é bem parecido com os modelos atuais a combustão.

Já no interior, estamos em um carro que esbanja luxo e tecnologia. Há uma enorme central multimídia com 15 polegadas e resolução full HD. Nela, é possível ver todo o funcionamento do carro e determinar todas as funções de entretenimento e performance. Há também, apps de conectividade, como o Ford Pass.

O acabamento é feito com tecido reciclado, mas há materiais sensíveis ao toque e o espaço é o que se espera de um SUV com porte médio.

Continua após a publicidade

Quando o Ford Mustang Mach-E chega ao Brasil?

A Ford ressalta que não há confirmação de que o carro será lançado no Brasil e, obviamente, não há preço para ele. Mas, caso tudo dê certo, espera-se que sua chegada se dê em 2023.