Crise global de chips chega à BMW, mas quem vai perder é o cliente; entenda

Crise global de chips chega à BMW, mas quem vai perder é o cliente; entenda

Por Paulo Amaral | Editado por Jones Oliveira | 08 de Novembro de 2021 às 16h40
Divulgação/BMW

Não são apenas as marcas de carros mais "populares", digamos assim, que estão sofrendo com os impactos da crise global de semicondutores em suas linhas de produção. A BMW, marca considerada de luxo no segmento automotivo, também foi atingida, e quem vai sofrer com isso são os clientes da marca.

A montadora alemã informou, em comunicado ao Autoblog, que diversos modelos passarão a ser oferecidos sem a tela sensível ao toque em suas centrais multimídia. Quem optar pela compra de carros das versões BMW 3 Series, BMW Série 4 Coupé, Conversível e Gran Coupé (excluindo o i4 ), BMW X5, BMW X6, BMW X7 e BMW Z4 receberá, como compensação, um voucher equivalente a US$ 500 (R$ 2.787, na conversão atual).

"A escassez global de chips é contínua e está afetando as montadoras em todo o mundo. Estamos gerenciando ativamente a situação e em contato próximo com nossos fornecedores. Não temos mais detalhes para compartilhar neste momento”, resumiu a marca, sem especificar até quando os modelos seguirão sem o recurso.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Menos recursos

Imagem: Divulgação/BMW

A descoberta que levou a BMW a se posicionar de maneira oficial foi do pessoal do site alemão Bimmerfest. Além da ausência da tela sensível ao toque na central multimídia, também foi revelado que esses carros perderão o BMW Backup Assistant se estiverem equipados com o pacote opcional Parking Assistant. A culpa, mais uma vez, é da falta de peças para dar continuidade à produção.

De acordo com o blog alemão, todos os veículos produzidos com esta opção exigirão uma atualização de software antes de serem liberados ao varejo e entregues aos clientes. A atualização do software estará disponível a partir de quinta-feira, 11 de novembro.

A dúvida levantada pelo pessoal do The Verge, que também abordou o assunto, citando que a BMW está orientando os clientes a usarem o touchpad no lugar da tela sensível ao toque, é que o desconto de US$ 500 não será suficiente para instalar o acessório fora das concessionárias, se eles assim desejarem. E ele é realmente pequeno, se considerarmos que um modelo como o X4, por exemplo, custa R$ 444.950 no Brasil.

Fonte: The Verge, Autoblog, Bimmerfest

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.