Publicidade

Carro autônomo sem motorista faz zigue-zague e causa pânico nas ruas

Por| Editado por Jones Oliveira | 22 de Maio de 2024 às 19h10

Link copiado!

Divulgação/Waymo
Divulgação/Waymo

Os robotáxis, nome popular dado aos carros autônomos de transporte que circulam pelas ruas de algumas cidades dos Estados Unidos causaram uma nova confusão. As imagens viralizaram nas redes sociais e mostram um robotáxi da Waymo, empresa-irmã do Google, que parece estar “embriagado” — algo impossível, já que se trata de um veículo —, pois trafegava pelas ruas em um zigue-zague contínuo e sem sentido.

A inusitada situação aconteceu em uma estrada nos arredores da cidade de Phoenix, no Arizona. O vídeo é curto, mas mostra o carro autônomo se aproximando perigosamente do meio-fio da calçada repetidamente enquanto “segue” um caminhão que carrega uma árvore na caçamba.

O responsável pelo vídeo questionou se o fato de o robotáxi estar seguindo um caminhão com uma árvore “pendurada” para fora poderia ter confundido os sensores do carro autônomo e ocasionado o zigue-zague constante, e brincou: “Eu teria surtado se estivesse lá dentro”.

Continua após a publicidade

Confusões com robotáxis Waymo são comuns

O zigue-zague aleatório do Jaguar I-Pace autônomo que lutou por vários metros para conseguir se manter em linha reta na via não foi o primeiro — e nem o mais grave — incidente envolvendo robotáxis da Waymo.

A empresa tem um longo histórico de confusões e, por conta disso, vem sendo investigada pela NHTSA (Administração Nacional de Segurança Rodoviária), órgão fiscalizador de trânsito nos Estados Unidos.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Segundo a NHTSA, nada menos do que 22 incidentes envolvendo veículos da Waymo foram relatados desde que a empresa iniciou seus serviços no país. Destes, 18 resultaram em boletins de ocorrência, sendo 9 na região da Califórnia e 8 no Arizona.

A Waymo, até o momento, não se pronunciou sobre a nova confusão envolvendo um robotáxi da empresa, mas nunca é demais lembrar que, em fevereiro de 2024, todos os carros foram recolhidos das ruas para passar por um recall voluntário de atualização de software. Pelo jeito, ainda faltou acertar algumas coisinhas, não é mesmo?