Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

BYD Song Pro entra em pré-venda com descontão no Brasil

Por| 08 de Julho de 2024 às 17h17

Link copiado!

Divulgação/BYD
Divulgação/BYD

O BYD Song Pro, SUV híbrido que promete rodar até 2.000 km por ciclo de carga, está com a pré-venda aberta no Brasil. O anúncio ocorreu durante o programa Domingão com Huck e, como na ocasião do lançamento do BYD King, veio acompanhado de uma excelente notícia: um descontão de R$ 6 mil sobre o preço de tabela.

O preço oficial do BYD Song Pro, porém, segue guardado a sete chaves pelos executivos da marca. A ideia é colocar o mais novo SUV híbrido do portfólio em briga direta com o Toyota Corolla Cross, um dos mais vendidos do país. Por isso, especula-se que o SUV médio chegue ao país com preços a partir de R$ 200 mil.

As primeiras unidades do BYD Song Pro desembarcaram no Brasil no Porto de Suape, em Pernambuco. Elas vieram no meganavio da montadora chinesa, no mesmo lote em que também foram embarcados os sedans híbridos plug-in.

Continua após a publicidade

A apresentação oficial do BYD Song Pro também já tem data marcada. O evento será realizado em São Paulo, na próxima quarta-feira (10). Na ocasião, além do preço, serão revelados maiores detalhes do SUV híbrido plug-in, que chegará por aqui em duas versões.

Como é o BYD Song Pro?

O BYD Song Pro oferecerá duas versões distintas ao mercado brasileiro, diferenciadas apenas pela capacidade do sistema de baterias. A variante de entrada terá baterias de 8,3 kWh, igual à primeira geração do Song Plus, com autonomia de 50 km no modo elétrico e até 1.200 km no combinado.

A mais completa oferecerá 18,3 kWh, que dobrará o alcance elétrico e poderá chegar a incríveis 2 mil km de autonomia no combinado, equivalente a um consumo médio de 22,7 km/l.

O Song Pro tem design parecido com o do irmão, Song Plus, mas tem dimensões um pouco diferentes. Ele é 3 centímetros maior (4,74 m x 4,71 m), mas com largura e entre-eixos menores (2,65 m e 1,86 m ante 2,77 m e 1,89 m do Plus).

A motorização, porém, é exatamente a mesma, composta por um propulsor 1.5 aspirado a gasolina, de 110 cv, e um elétrico, de 194 cv. Juntos, eles oferecem ao condutor 235 cv de potência combinada e 40,8 kgf/m de torque.