Elon Musk vende mais US$ 1 bilhão em ações da Tesla

Elon Musk vende mais US$ 1 bilhão em ações da Tesla

Por Dácio Castelo Branco | Editado por Claudio Yuge | 30 de Dezembro de 2021 às 19h16
Reuters/Joe Skipper

E as últimas grandes transações de 2021 nas bolsas de valores estão ocorrendo neste final de ano. Dessa vez, o destaque fica com Elon Musk, que vendeu cerca de US$ 1,02 bilhões (R$ 5,67 bilhões, na cotação atual) em ações da Tesla, empresa em que ele é fundador e CEO. Essas transações são parte do objetivo do bilionário de reduzir a sua participação na companhia em 10%.

Segundo o registro da venda na Comissão de Valores Mobiliários dos EUA, Musk, que atualmente também é a pessoa mais rica do mundo atualmente, vendeu mais de 934 mil ações, deixando o bilionário, atualmente, com cerca de 15,6 milhões de títulos vendidos.

Para completar o objetivo de diminuir em 10% sua porcentagem de ações sobre a Tesla divulgado publicamente na semana passada, Musk precisa vender um total de 17 milhões de títulos.

Para atingir a meta, estima-se que o bilionário ainda precisa vender cerca de 1 milhão de papéis, e o próprio executivo parece estar ciente disso, conforme mostrado em um tuíte recente de sua autoria:

A tática de Musk

Mesmo que Musk tenha feito uma enquete no Twitter sobre a venda de ações da Tesla antes de começar esse processo em 8 de novembro, a verdade é que o bilionário só está realizando essas transações para cobrir sua dívida com o imposto de renda dos EUA, por conta da prioridade de compra de mais de 20 milhões de títulos opcionais da empresa recebidas pelo executivo.

Mas, mesmo eliminando parte dessas ações de sua posse, ainda é estimado que Musk terá que pagar em 2022 o maior imposto federal da história dos EUA, chegando à casa dos US$ 11 bilhões (cerca de R$ 61 bilhões), para receber uma restituição de US$ 23 bilhões em opções da Tesla.

Fonte: CNBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.