Em pane, elevador dispara 30 andares acima e mata garota que estava a bordo

Em pane, elevador dispara 30 andares acima e mata garota que estava a bordo

Por Fidel Forato | Editado por Luciana Zaramela | 31 de Maio de 2021 às 16h10
Twenty20photos/Envato Elements

No último domingo (23), uma estudante chinesa morreu depois que o elevador em que estava subiu 30 andares de forma brusca e inesperada. A vítima, cuja idade oficial não foi divulgada, cursava o ensino médio e estava a uma semana de prestar os exames nacionais para entrar na universidade. O acidente aconteceu na cidade de Zhanjiang, na China.

Segundo relatos, a jovem ficou presa dentro do elevador, no primeiro andar de um prédio residencial. Neste momento, ela pediu ajuda para amigos e familiares, além da equipe técnica da manutenção. Os funcionários responsáveis abriram as portas externas do elevador e observaram que o equipamento voltou a subir, mas lentamente.

Estudante morre em acidente com elevador na China (Imagem: Reprodução/DragonImages/Envato Elements)

De repente, o elevador tomou alta velocidade e o compartimento chegou ao 30º andar todo deformado, de acordo com a agência de notícias chinesa The Paper. A equipe de manutenção levou uma hora para resgatar a jovem do local, de onde foi encaminhada para o hospital e morreu em decorrência dos ferimentos. 

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

De acordo com o inspetor de saúde e segurança do trabalho da cidade, Jia Gong, as pessoas, na maioria das vezes, temem que os elevadores caiam, mas é muito mais provável que o elevador atinja o último andar de forma brusca e inesperada, como aconteceu no último final de semana. Vale lembrar que, em ambos os casos, é uma situação rara. 

O elevador funcionava desde 2014 e passava por inspeções regulares, de acordo com o Instituto de Inspeção Especial de Zhanjiang. No entanto, não foram realizados testes de resistência e segurança nas hastes do freio do elevador, segundo Gong. Provavelmente, o rompimento do freio foi a causa do acidente, iniciado por uma falha de fabricação. "A probabilidade de isso acontecer na indústria é extremamente pequena. É sem precedentes", destacou Gong. 

Fonte: IFL Science  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.