Fail: ladrão é preso após esquecer Facebook logado no computador da vítima

Por Redação | 02 de Julho de 2014 às 10h35

Uma das dicas de segurança mais batidas de todos os tempos é "nunca esqueça de deslogar da sua conta de e-mail ou Facebook em computadores públicos ou de amigos". Certamente o norte-americano Nicholas Wig, de 26 anos, jamais soube disso e acabou sendo preso por causa do seu desleixo.

Ladrão "profissional", Wig invadiu uma casa na cidade de Saint Paul, no estado de Minnesota (EUA), na quarta-feira passada (25) e roubou dinheiro, cartões de crédito, um celular e um relógio da vítima, James Wood. Até então o crime estava indo de vento em popa, mas Wig não resistiu ao ver o computador de Wood de bobeira e resolveu dar uma olhadinha no Facebook.

Conectado à sua conta na rede social, Wig viu o que estava rolando e foi embora sem fazer o logoff. Como se não fosse suficiente, o ladrão trapalhão também esqueceu algumas peças de roupa na casa da vítima.

Nicholas Wig

O crime tinha tudo para dar certo, não fosse o vício de Nicholas Wig pelo Facebook e seu desleixo ao deixar sua conta ativada no computador da vítima. Pelo jeito ele nunca ouviu falar naquela dica de "não deixar sua conta logada em computadores de estranhos" (Imagem: Reprodução)

Ao retornar para casa, Wood percebeu que algo havia acontecido ali e que alguns de seus pertences haviam sido subtraídos. Desesperado, a vítima resolveu ligar o computador para informar aos amigos do ocorrido e, para sua surpresa, lá estava o perfil do ladrão. Segundo o Digital Trends, Wood publicou uma mensagem na conta do ladrão no Facebook dizendo que ele havia roubado seu imóvel e deixando um número de telefone para contato.

O mais surpreendente disso tudo é que o próprio ladrão entrou em contato ao perceber que havia esquecido suas roupas na casa da vítima e ofereceu um acordo: ele devolveria o celular que havia sido roubado caso Wood lhe devolvesse suas roupas.

O ladrão sem noção então foi à casa da vítima e, ao chegar lá, se deu conta que tudo não passava de uma armadilha. Os policiais haviam sido acionados por Wood, que teve seus pertences recuperados. Agora, além de poder pegar até 10 anos de prisão, Wig terá que conviver com o título de, nas palavras de Wood, "criminoso mais idiota do mundo".

Veja histórias de outros ladrões atrapalhados:

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.