Publicidade

Rival da Embraer anuncia avião de 40 passageiros para voos regionais

Por| Editado por Jones Oliveira | 09 de Dezembro de 2021 às 10h10

Link copiado!

Divulgação/Desaer
Divulgação/Desaer

A Desaer, nova fabricante brasileira de aeronaves e concorrente da Embraer, anunciou mais um modelo para o mercado: o ATL-300. O projeto foi pensado para atender demandas militares e civis e está em estágio avançado de desenvolvimento, com seu primeiro voo previsto para 2026.

Apresentado na 6º edição da Mostra BID Brasil, feira de artigos militares em Brasília/DF, o ATL-300 será um avião de médio porte com capacidade para 40 passageiros (19 em modo militar) e suporte para levar até quatro toneladas de carga. "Inspirada" no ítalo-francês ATR-42, a aeronave brasileira terá condições de operar em pistas curtas e com condições inferiores de piso graças ao seu porte e sua versatilidade.

Segundo a Desaer, o ATL-300 é projetado para voar a uma altitude máxima de 9.448 metros, com velocidade de cruzeiro de cerca de 520 km/h. O alcance de voo é estimado em 2.600 km, ideal para deslocamentos regionais. Para situar melhor o leitor, esse tipo de aeronave é muito utilizada em voos no interior do Brasil, por companhias aéreas como a Azul e a extinta Trip.

Continua após a publicidade
"O ATL-300 complementa as capacidades do ATL-100. É um avião mais avançado, com cabine pressurizada e trem de pouso retrátil. Em comum, são duas aeronaves de asa alta e altamente versáteis propostas para uso civil ou militar. São aviões ideais para operar em pistas semi-preparadas e em aeroportos com pouca estrutura", disse Evandro Fileno, CEO da Desaer, em entrevista à CNN Brasil Business.

A Desaer é uma joint-venture feita em conjunto com a Ceiia (Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto), uma empresa portuguesa especializada em aviação e tecnologia. As operações serão divididas em 70% aqui no Brasil e 30% em Portugal, com fábricas nas duas praças capazes de produzir até quatro aeronaves por mês.

A fábrica do Brasil será posicionada na cidade de Araxá, em Minas Gerais, que vai atender todo o mercado das Américas. Os escritórios, porém, ficarão sediados em São José dos Campos/SP, mais precisamente na Incubaero, uma incubadora de empresas e projetos criada pela Fundação Casimiro Montenegro Filho. A decisão foi tomada em conjunto por Fileno e seus seis sócios, que comandarão mais de 40 colaboradores.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Segundo Fileno, a planta de Araxá/MG terá capacidade de produção de quatro aviões por mês. Além do ATL-300, a Desar já apresentou o ATL-100, de menor porte e com outras funcionalidades.

Concorrência da Embraer

O ATL-300 terá um concorrente de peso no mercado brasileiro — e também global. A Embraer já anunciou que também está desenvolvendo um avião turboélice com capacidades parecidas aos do modelo da Desaer e que promete ser superior, inclusive, ao ATR-42, referência no segmento.

Continua após a publicidade

Preço e disponibilidade

O ATL-300 deve realizar seu primeiro voo de teste em 2026 e as entregas comerciais estão estimadas para começarem em 2027. O preço por unidade gira em torno dos US$ 21 milhões.

Fonte: CNN Brasil, Aeroin