Bombardier lança jato executivo com cabine "inspirada" na Covid-19; entenda

Bombardier lança jato executivo com cabine "inspirada" na Covid-19; entenda

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 30 de Novembro de 2021 às 08h10
Divulgação/ Bombardier

A Bombardier lançou seu novo jato executivo supermidsize, o Challenger 3500, modelo que deve competir com aeronaves como o Embraer Praetor 600 e o Gulfstream G280. Além de todas as suas valências, uma das novidades mais interessantes trazidas pelo modelo está em sua cabine, que conta com um design de botões "inspirado" pela Covid-19.

Segundo a fabricante canadense, todo o interior do Challenger 3500 foi pensado e construído para facilitar a limpeza. Os botões que acionam luzes e controles internos são feitos com um painel háptico e touch, além das maçanetas e travas de segurança, maiores e com menos vincos. O espaço entre as poltronas também é maior.

O jato executivo também conta com mais tecnologias em prol do conforto, como os assentos "Zero-Gravity", considerado pela Bombardier uma das maiores inovações na aeronave. Segundo a marca, esses bancos contam com ergonomia trabalhada para tirar a pressão da região lombar ao deixar os pés em um posicionamento alinhado ao centro de gravidade.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Além de luxuoso, interior do Bombardier Challenger 3500 é mais fácil de limpar (Imagem: Divulgação/ Bombardier)

Além disso, o Challenger 3500 recebeu outras inúmeras melhorias em sua cabine luxuosa, todas inspiradas no modelo topo de gama da Bombardier, o Globall 7500. Há telas em 4K para entretenimento, carregadores de celular por indução, comandos de voz para temperatura e sistema de som e a pressurização agora é considerada a mais confortável de sua categoria.

Preço e disponibilidade

O Challenger 3500 é uma evolução do Challenger 350, jato executivo supermidsize mais vendido da Bombardier — e do mercado. O avião, além de todo luxo e tecnologia da cabine, traz números excelentes para sua categoria, como a autonomia de 6.300 km e a velocidade máxima de 882 km/h.

Com preços a partir de US$ 26,7 milhões (o mesmo de seu antecessor), as primeiras entregas do Bombardier Challenger 3500 começam a ser feitas no segundo semestre de 2022.

Fonte: Robb Report

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.