Windows 11 recua a facilita a troca de navegador padrão

Windows 11 recua a facilita a troca de navegador padrão

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 03 de Dezembro de 2021 às 13h27
Divulgação/Microsoft

A Microsoft voltou atrás e resolveu facilitar a troca de navegador padrão no Windows 11 depois de ser alvo de críticas de consumidores e donos de programas concorrentes. Uma nova versão experimental do novo SO simplificou o menu “Aplicativos padrões” na seção relacionada a links da web, em vez de exigir mudanças individuais para cada formato de arquivo diferente.

Quem descobriu a mudança foi o programador Rafael Rivera, que revelou seu achado no Twitter. No lugar de disponibilizar escolhas específicas para cada protocolo e formato — HTTP, HTTPS, HTML e HTM, por exemplo — o menu de Configurações passa a apresentar uma única opção para trocar o navegador padrão, tal qual acontecia no Win 10.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A mudança faz parte da versão 22509, cujas novidades foram destrinchadas pelo Canaltech na quinta-feira (1°). A Microsoft confirmou que a mudança foi intencional, baseada no feedback de usuários, embora a empresa tenha defendido o modelo “mais específico” de escolha de navegador padrão anteriormente.

Se a escolha de programa padrão é tão segmentada, o usuário tende a ser colocado para usar o Edge “pelo cansaço”. Atualmente, é só clicar num tipo de arquivo diferente para ser “convenientemente” jogado para o navegador nativo, mesmo se a preferência seja evidentemente outra.

Cada formato de arquivo ou link precisa ser escolhido individualmente no menu de Configurações (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

Naturalmente, a decisão foi alvo de críticas de navegadores rivais. Chrome, Firefox e Brave foram alguns concorrentes que questionaram o método cansativo de trocar o navegador padrão no Windows 11.

Mais opções é melhor, mas nem tanto

As mudanças ainda são experimentais, então não as veja como definitivas no formato atual. Se a ideia é dar mais opções de escolha conforme o formato do arquivo, seria interessante que o Windows 11 oferecesse um método “básico” e outro “avançado” para escolher o programa ideal, já que determinar como cada link deve ser aberto é um tanto trabalhoso.

Os testadores do Canal Dev são os únicos que estão recebendo a novidade por enquanto. Provavelmente, a versão deve chegar ao Canal Beta posteriormente e, só depois público geral poderá experimentar o recurso.

Se você for um membro do programa Windows Insider cadastrado no Canal Dev, verifique atualizações a partir do Windows Update. É bem provável que o pacote já esteja disponível para download e instalação.

Fonte: Rafael Riviera

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.