WhatsApp terá reforço na privacidade da foto de perfil e do "visto por último"

WhatsApp terá reforço na privacidade da foto de perfil e do "visto por último"

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 11 de Novembro de 2021 às 10h13
Reprodução/ HR Asia

O WhatsApp trabalha em vários aprimoramentos para reforçar questões de privacidade, com o objetivo de entregar mais recursos de proteção do usuário. Uma dessas adições mais recentes, que começou a surgir na versão beta nesta quinta-feira (11), é para ocultar a informação "Visto por último" de contatos específicos.

Conforme relatado pelo site WABetaInfo, a versão 2.21.33.14 traz essa adição como forma de definir quem pode ou não saber quando você esteve online. Até então, só era possível determinar três configurações básicas: todos, ninguém ou meus contatos. Pelo novo modelo, você continuará exibindo as informações para os seus contatos, mas poderá excluir algumas pessoas como o chefe que importuna fora do horário de trabalho, um amigo inconveniente, um ex-parceiro stalker ou aquele parente que só procura quando precisa de algo.

A opção "Meus contatos, exceto" é uma demanda antiga dos usuários e havia sido identificada no código do app em outubro, mas chega no atual momento em uma versão de testes para experimentos. Após esse desembarque, a plataforma costuma tirar algumas semanas para ver como o usuário vai reagir à novidade para só então disponibilizá-lo de modo oficial ao app estável.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Novidade deixará você definir exatamente quem não pode saber quando você foi visto por último (Imagem: Douglas Ciriaco/Canaltech)

Vale lembrar que o não compartilhamento de dados da opção "Visto por último" com alguma pessoa impacta também no sentido inverso. Portanto, se o usuário adiciona alguém na lista dos excluídos, tanto ele quanto a pessoa afetada ficarão sem acesso às informações um do outro.

Antes tarde do que nunca

Alguns rivais do WhatsApp já tem esse recurso há bem mais tempo. No caso do Telegram, por exemplo, a ordem dos fatores é invertida: em vez de liberar os dados para todos, você deve configurar apenas uma lista de quem terá acesso ao dia e horário no qual você esteve online pela última vez — isso permite a criação de um círculo de confiança em que apenas amigos e familiares estarão incluídos.

Os desenvolvedores também fazem experimentos para levar a mesma funcionalidade em outros aspectos de privacidade, como nas fotos de perfil e nos recados. Até hoje, somente a privacidade do status, ou seja, das suas fotos e vídeos postados em formato de story, poderia ser ajustada com a opção "Meus contatos, exceto".

Novidade semelhante está disponível para a foto de perfil (Imagem: Douglas Ciriaco/Canaltech)

No momento, essa mudança no compartilhamento de informações sobre a atividade online não foi amplamente implementada, mesmo para quem é usuário beta, portanto só resta aguardar. Como ela deve ocorrer do lado do servidor, não é preciso atualizar o aplicativo para recebê-la, embora seja importante fazê-lo para não ter problemas de compatibilidade.

Fonte: WABetaInfo  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.