WhatsApp desenvolve mais um ajuste para incrementar a privacidade no app

WhatsApp desenvolve mais um ajuste para incrementar a privacidade no app

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 13 de Outubro de 2021 às 11h07
Divulgação/Alfredo Rivera/Pixabay

O WhatsApp trabalha em mais controles sobre privacidade para perfis do mensageiro. A adição encontrada nesta terça-feira (13) é um complemento para a ferramenta descoberta na semana passada e permite que o usuário determine exatamente quem não pode visualizar as suas informações do perfil.

Desta vez, é o “Recados” que recebe indícios da novidade na versão 2.21.21.8 na versão beta do WhatsApp. A função, conforme sugerem as capturas de tela divulgadas pelo site WABetaInfo, permite que o dono da conta determine exceções da lista de contatos que não devem acompanhar as atualizações de perfil.

Opção permitiria que usuários determinassem quais contatos não devem acompanhar suas atualizações no Recado (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

A mesma novidade é aguardada também para o “visto por último”, o que seria útil para quem quer manter distância de pessoas específicas da agenda pessoal. Ainda não há pistas de que o recurso está em desenvolvimento, apesar de ser considerável a chance de ele dar as caras no futuro.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Não há previsão para lançamento da funcionalidade descoberta hoje, mas não deve demorar muito para que ela seja disponibilizada para os testadores do WhatsApp. Vale ressaltar que o status (publicações temporárias do mensageiro) já contam com a função desde 2017, então já era de se esperar que a configuração fosse estendida para mais opções em algum momento.

Por se tratar de um recurso ainda em construção, o grande público ainda precisa esperar. É uma pena, porém, que o WhatsApp ainda não tenha implementado a tão aguardada opção de sumir com o indicador “online” para evitar ainda mais inconvenientes.

Fonte: WABetaInfo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.