TikTok dá mais controle a pais de crianças e adolescentes que usam a plataforma

Por Felipe Junqueira | 17 de Abril de 2020 às 09h00
Tudo sobre

TikTok

Saiba tudo sobre TikTok

Ver mais

Em fevereiro, o TikTok lançou uma ferramenta de controle parental dentro de seu aplicativo para permitir que os pais tivessem maior poder de decisão em relação ao tempo que as crianças ficam na rede social. O recurso, no entanto, exige acesso direto ao aparelho para fazer configurações e quaisquer ajustes, o que pode ser um problema caso o pequeno usuário não queira entregar o celular para seu responsável.

Nesta quarta-feira (15), a plataforma anunciou uma nova ferramenta que deve facilitar esse processo, dando um controle maior aos responsáveis, que só precisariam de um acesso rápido ao aparelho da criança ou adolescente uma vez, para sincronizar as contas. Trata-se da Sincronização Familiar, "que permite que pais e adolescentes personalizem suas configurações de segurança com base em suas necessidades individuais".

Basta linkar a conta de uma criança com a de um responsável para que este tenha acesso a uma série de configurações de controle. A criança deverá aceitar a solicitação de pareamento das contas e o escaneamento de um código QR na tela do celular onde está a conta do menor de idade. Veja abaixo o que os pais e responsáveis poderão alterar via sincronização familiar:

  • Gerenciamento do tempo de tela: os responsáveis poderão controlar o tempo que o jovem poderá ficar conectado ao TikTok diariamente. Isto poderá ser feito tanto pela sincronização familiar como diretamente no app, pelo controle de bem-estar digital.
  • Modo restrito: será possível censurar conteúdo potencialmente inapropriado para a criança alterando a aparência da imagem. Este recurso também está disponível via controle de bem-estar digital no aplicativo TikTok.
  • Mensagens diretas: também haverá controle de quem pode enviar mensagens diretas para a conta conectada, ou desativar totalmente o recurso para garantir maior segurança ao jovem. O TikTok já possui políticas semelhantes, como a permissão apenas de seguidores aprovados para fazer este tipo de contato e o bloqueio do envio de imagens ou vídeos. A partir de 30 de abril, menores de 16 anos terão mensagens diretas desabilitadas por padrão.

A plataforma ainda avisa que fez parceria com alguns dos principais criadores de conteúdo para divulgarem o controle do tempo na tela de maneira informativa e divertida. Isso ajuda a passar a mensagem em uma linguagem que o jovem entenda e absorva de maneira natural, além de receberem sugestões como ler um livro ou fazer outras atividades offline.

Segurança online

@tiktokbrasil

De vez em quando aparecem vídeos com pessoas fazendo coisas perigosos ou que podem machucar alguém! Nós do TikTok e a @Camilla Pudim 🍮 estamos aqui para pedir que vocês não reproduzam esse tipo de conteúdo! ##tiktoksecurity ##sefety ##segurança ##tiktokbrasil

♬ som original - tiktokbrasil

Além dos vários novos recursos com a segurança das crianças no ambiente virtual, o TikTok também realiza campanhas para ajudar a conscientizar os pequenos a não fazerem coisas que possam colocar sua integridade física em risco (exemplo acima). No Brasil, alguns influenciadores da plataforma criaram vídeos para ensinar as crianças a não participarem de desafios e tendências potencialmente perigosos. Esse conteúdo leva a #tiktoksecurity.

Além disso, os usuários podem denunciar contas, vídeos e comentários com os quais não se sentirem confortáveis. “O objetivo é incentivá-los a manter um ambiente seguro e tornar mais rápido e fácil para a equipe do TikTok revisar e remover conteúdos, de acordo com as Diretrizes da Comunidade”, explicou a plataforma, em comunicado.

Fonte: TikTok

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.