TikTok permite que pais controlem tempo de acesso dos filhos

Por Nathan Vieira | 19 de Fevereiro de 2020 às 15h22
TikTok
Tudo sobre

TikTok

Saiba tudo sobre TikTok

Ver mais

Quando se trata de crianças e adolescentes, qual é o limite do uso da tecnologia? O Canaltech já levantou essa questão anteriormente em algumas matérias especiais, mas agora foi o próprio TikTok, uma das principais redes sociais voltadas a esse público na atualidade, que decidiu colocar o assunto em pauta. Acontece que a rede em questão entende como é muito comum passar horas sentando e assistindo a vídeos, então decidiu conceder aos pais mais controle sobre quanto tempo os filhos podem gastar no aplicativo. Sob o novo Modo de Segurança da Família, o objetivo é incentivar as pessoas a desenvolver "um relacionamento saudável com aplicativos e serviços online". Esta é apenas uma das novas iniciativas que as pessoas podem ver aparecer em sua linha do tempo.

A empresa também se uniu a algumas de suas personalidades mais seguidas para criar vídeos que lembram as pessoas a abandonarem o TikTok. Esses vídeos tendem a aparecer depois que alguém passa um longo tempo assistindo a vídeos sem parar, tipo aquelas mensagens da Netflix de quando você esqueceu a sua vida social e está simplesmente vendo a série há várias horas. Aqueles que não estão no Modo de segurança familiar podem passar os vídeos depois desse aviso, mas as pessoas que usam o TikTok com controle dos pais não conseguem mais assistir.

TikTok permite que pais controlem tempo de acesso dos filhos

"Continuaremos apresentando maneiras de manter nossa comunidade segura, para que eles possam se concentrar no que é importante para eles - criando, compartilhando e desfrutando da criatividade da comunidade do TikTok", diz um comunicado do TikTok.

O Modo de segurança familiar do TikTok também permitirá que os pais restrinjam quem pode enviar uma mensagem direta ao filho, ou até restringir o tipo de conteúdo que as crianças podem ver ao usar o aplicativo. O Modo Segurança para a Família está atualmente disponível no Reino Unido, mas será lançado em outros países ao longo das próximas semanas.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.